Facebook
13/09/2021 - 16h36m

16

Tocantinenses são maioria entre os aprovados no primeiro vestibular de Medicina da Unitins de Augustinópolis

Das 40 vagas ofertadas no primeiro Vestibular de Medicina da Unitins no Câmpus Augustinópolis, 16 foram ocupadas por candidatos do Tocantins

As aulas do curso de Medicina da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) no Câmpus Augustinópolis começam nesta segunda-feira, 13. E o resultado oficial do vestibular divulgado na última quinta-feira, 9, trouxe uma grande conquista para o Tocantins: 16 das 40 vagas ofertadas foram ocupadas por candidatos tocantinenses, totalizando 40% das vagas para o Tocantins.

No número de candidatos aprovados, o Tocantins lidera com 16 candidatos (40%), seguido do Pará, com 5 aprovados (12,5%); Distrito Federal com 4 (10%); Goiás, Bahia, Piauí  e Maranhão com 3 aprovados cada (7,5% cada); São Paulo, Ceará e Paraná com 1 candidato aprovado, representando 2,5% do total.

Do Tocantins foram aprovados candidatos das seguintes cidades: Palmas (9), Araguaína (1), Araguatins (1), Cristalândia (1), Formoso do Araguaia (1), Gurupi (1), Lagoa da Confusão (1) e Paraíso do Tocantins (1). Destes candidatos, 10 foram aprovados pela cota destinada a alunos que cursaram o ensino médio em escolas públicas e 6 disputaram a ampla concorrência.

Democratizar o ensino superior público sempre foi um dos pilares da Unitins como universidade pública. O reitor Augusto Rezende explica que esse percentual de alunos do Tocantins aprovados confirma o propósito do Governo do Estado com a implantação do curso de Medicina.

A aprovação desses alunos tocantinenses valida que os alunos tocantinenses estão sim sendo beneficiados com o curso de Medicina. Outro dado interessante é que dos 16 candidatos aprovados mais da maioria foi aprovada na cota para alunos oriundos de escolas públicas, uma política pública muito importante. O índice é extremamente satisfatório e acredito que poderemos ampliar esse percentual para que um dia cheguemos a ter 80% dos alunos tocantinenses, ofertando acesso ao ensino superior de qualidade aos nossos estudantes”, conclui o reitor.

A partir desse resultado, de acordo com o reitor, a tendência é que os alunos do Tocantins vejam chances reais de cursarem Medicina sem precisar sair de seu estado de origem. Além disso, a região do Bico do Papagaio será beneficiada a curto e médio prazo com mais profissionais e ampliação do sistema de saúde para atender a comunidade, acredita Augusto Rezende.

Início da Primeira Turma

Os candidatos aprovados no vestibular iniciam as aulas no modelo híbrido, com aulas teóricas remotas e aulas práticas presenciais, obedecendo os protocolos de saúde e segurança de prevenção à Covid-19.

Deixe seu comentário:

EnergisaSENAC TO Campanha: SENAC SETEMBRO 2021Campanha EMPRETEC 2725 - SEBRAEA Fonte das LetrasAvecomGPS