Aleto - CAMPANHA INSTITUCIONAL DEZEMBRO
BRK AMBIENTAL/Campanha: Site Tocantins 2021 -Dezembro/Janeiro
Facebook
10/11/2021 - 19h29m

HOMICÍDIO

Suspeito de ser um dos pistoleiros envolvidos na morte de empresário em Paraíso é preso no Pará

Redação

Homem preso é suspeito de praticar uma série de homicídios em vários estados do Brasil.

Momento em que o suspeito de envolvimento em homicídio de empresário em Paraíso foi preso pela Polícia Militar no Pará (Foto: PM-Pará)

Uma ação conjunta de combate à criminalidade, realizada pela Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), por intermédio da 6ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (6ª DEIC), de Paraíso do Tocantins com apoio da Polícia Militar do Estado do Pará, resultou na prisão de um homem de 32 anos. Suspeito de ser um dos pistoleiros envolvidos na morte de um empresário, de Paraíso do Tocantins, fato ocorrido no dia 8 de fevereiro de 2021, o indivíduo foi capturado na cidade de Anapu-PA, na manhã desta quarta-feira, dia 10.

De acordo com o delegado-chefe da 6ª DEIC, Antônio Onofre Oliveira da Silva Filho, após o crime, que também deixou um enteado do empresário gravemente ferido, os policiais civis da unidade especializada iniciaram as investigações e descobriram a motivação para o fato e identificaram os dois homens que agiram para praticar o homicídio.

Com base nas informações levantadas, o executor do homicídio foi capturado, em Brasília, no último mês de abril. “Com o aprofundamento das investigações, descobrimos que o segundo homem envolvido na empreitada criminosa, estaria escondido no estado do Pará, mais precisamente na cidade de Anapú”, disse a autoridade policial.

Desse modo, foi representado pela prisão do homem, a qual foi deferida pela Vara Criminal da Comarca de Paraíso. De posse da ordem judicial, os investigadores da 6ª DEIC levantaram o paradeiro do suspeito e, nesta quarta-feira, após compartilhamento de informações com a PM paraense, uma guarnição do Grupamento Tático Operacional (GTO), fez a abordagem do suspeito, que estava em um veículo.

Preso, ele foi conduzido à Central de Flagrantes da Polícia Civil, em Anapu e após a realização dos procedimentos legais cabíveis, recolhido ao presídio regional de Altamira, onde ficará à disposição da Justiça do Tocantins.

O homem é considerado de altíssima periculosidade e suspeito de atuar como matador de aluguel nos estados de Minas Gerais, Espírito Santo e também no Tocantins. Ele, inclusive, já teria sido o autor de pelo menos cinco homicídios confirmados, sempre atuando com extrema violência e crueldade.

O crime em Paraíso

Segundo o delegado Antônio Onofre, o indivíduo teria dado apoio material ao executor do homicídio, pois teria efetuado o levantamento da rotina da vítima e prestado auxílio em todas as etapas da execução. “No dia do crime, o homem preso hoje, dirigia o veículo que teria dado fuga ao executor do empresário, em Paraíso, além de ter auxiliado na execução do homicídio que teria sido praticado a mando de outra pessoa que também já foi identificada e é considerada foragida da Justiça”, disse a autoridade policial.

Chefe de facção criminosa

As investigações da Polícia Civil do Tocantins também revelaram que o homem preso hoje no Pará é considerado um dos chefes de uma facção criminosa que atua na grande Vitória, capital do Espírito Santo e que seria responsável pelo cometimento de uma série de homicídios naquele estado.

Deixe seu comentário:

SENAC TO Campanha: SENAC SETEMBRO 2021ClésioClínica AndréAvecomA Fonte das LetrasGPS