Facebook
20/11/2023 - 16h58m

PARÂMETROS

Saúde discute criação da Comissão de Residência Médica em Augustinópolis

Por Bico 24 Horas

Encontro foi realizado com representantes do Hospital Regional de Augustinópolis, Unitins e SINTET.

Evento discutiu os parâmetros para a oferta de residência médica na região do Bico do Papagaio (Foto: Dicom/SES/TO)

A busca por continuar ofertando um atendimento de qualidade e integrado para a população residente na região do Bico do Papagaio, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) promoveu na sexta-feira, 17, uma reunião de discussão sobre a criação da Comissão de Residência Médica (COREME) em Augustinópolis. O encontro foi realizado na sede do Hospital Regional de Augustinópolis (HRAUG) e contou com a participação de profissionais da unidade hospitalar, Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) e Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (SINTET-TO).

A residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada a médicos, sob a forma de curso de especialização. A regulação e supervisão do programa se dá por meio da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), bem como o credenciamento e recredenciamento de instituições, que ofertarão essas residências, sejam elas públicas ou privadas.

A diretora geral do HRAUG, Vilma de Almeida comentou sobre a parceria entre as instituições. “Essa parceria entre as instituições visa o aprimoramento contínuo dos futuros profissionais, que terão dentro da sua própria região conhecimento e prática necessária para o atendimento da comunidade da região do Bico do Papagaio”.

A implantação do serviço de Residência Médica no Hospital Regional de Augustinópolis, em parceria com a Universidade Estadual do Tocantins, no dia de hoje representa um marco histórico para a região de saúde do Bico do Papagaio, pois colocamos a mesma na condição de destaque dentro do Estado e promoverá avanços em diversos aspectos, desde o aprimoramento do conhecimento técnico científico do corpo clínico, como também a melhoria na estrutura física e condições de trabalho e ensino-aprendizagem dos futuros residentes. Garantindo além disso, aos nossos acadêmicos o seguimento da sua formação profissional dentro do estado e da universidade que lhe assegurou o diploma de médico”, disse a coordenadora do Curso de Medicina da Unitins, Hellen Dayanny Ferreira Silva Pinheiro.

O presidente do SINTET, Regional de Augustinópolis, Jules Rimet, relatou sobre a satisfação que essa primeira reunião trouxe. “Quero dizer que fiquei satisfeito com a proposta apresentada pelos presentes, pois este será um marco para o nosso município, pois sabemos como isto é importante para os nossos moradores, a universidade e futuros médicos que estão cursando medicina. Quero dizer a todos e todas que saiam dessa reunião com semblante de satisfação pelo projeto ali apresentado e por todos terem aceito”.

Hoje, o Hospital Regional de Augustinópolis vira uma página em direção ao futuro. Um futuro com a residência médica implantada no hospital que trará benefícios à saúde de toda a população da região, já que serão profissionais formados na realidade e no convívio da nossa população. Augustinópolis está de parabéns”, comentou o diretor técnico do HRAUG, Rogério Lucena de Almeida.

Deixe seu comentário:

BRK Campanha: Sites Tocantins 2024 - JUNHOClésioAvecomGPS