Facebook
07/10/2021 - 10h35m

CARBONIZADO

Policial Militar da reserva é encontrado morto na sua própria fazenda em Rio Sono

A principal suspeita é de que Silvânio Costa Mendes tenha sido consumido por um incêndio após realizar aceiros em pastos na sua propriedade rural, em Rio Sono.

Corpo do policial militar da reserva Silvânio Costa Mendes, foi encontrado carbonizado na sua própria fazenda em Rio Sono (Foto: Divulgação)

O policial militar da reserva Silvânio Costa Mendes, de 52 anos, foi encontrado morto nesta quarta-feira (6) na própria fazenda que fica na zona rural de Rio Sono. Segundo a Polícia Militar (PM), o corpo dele foi carbonizado. A principal suspeita é de que o militar tenha sido consumido por um incêndio após realizar aceiros em pastos.

O caso foi registrado na fazenda Barra do Grotão no povoado Brejo Fundo. Um irmão do tenente Mendes, que também é policial, informou ao 3º BPM que na terça-feira (5) a vítima estava fazendo aceiros para queimar algumas áreas e havia chamado vizinhos para ajudá-lo. Quando o grupo chegou ao local o militar não foi encontrado.

Já nesta quarta-feira (6), quando foram à residência da vítima, observaram que o policial não tinha dormido em casa. Em seguida os vizinhos voltaram ao local da queimada e, após buscas, localizaram o militar sem vida. O corpo dele estava totalmente queimado a cerca de 400 metros da sede de sua propriedade.

Outras testemunhas ouvidas pela polícia também relataram que o tenente Mendes teria saído de casa para tentar apagar um fogo em sua fazenda.

Após o corpo ser encontrado, equipes da Polícia Científica estiveram no local e a perícia foi realizada. A vítima foi levada ao Instituto Médico Legal (IML).

O velório de Silvânio Costa Mendes acontece no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Tocantins

O militar era casado e deixa dois filhos.

Deixe seu comentário:

SENAC TO Campanha: SENAC SETEMBRO 2021Campanha SICTEG - SEBRAE - TOSarauClínica AndréAvecomA Fonte das LetrasGPS