teste
BRK AMBIENTAL/Campanha: Site Tocantins 2022 -Maio/Junho
Facebook
20/06/2022 - 10h13m

PROGRAMA

​​Pacientes de Palmas e região celebram nova etapa do Tocantins - Catarata Zero

Ascom/Senadora Kátia

Idealizado pela senadora Kátia, o programa é executado em parceria com municípios e clínicas oftalmológicas e já realizou mais de 10,2 mil cirurgias desde 2019.

Na primeira etapa o programa Tocantins - Catarata Zero realizou 1,8 mil cirurgias (Foto: Divulgação)

Visão comprometida, dificuldade em executar tarefas do dia a dia, dependência do apoio de familiares para se locomover. Essas e outras situações ficaram para trás na vida de Luzia Fernandes Furtado, 69 anos, moradora de Palmas, que há 5 anos sofria com o agravamento dos sintomas da catarata. Ela está entre os mais de 10,2 mil pacientes contemplados até agora pelo programa Tocantins - Catarata Zero, idealizado pela senadora e pré-candidata à reeleição, Kátia (Progressistas). O programa retomou as cirurgias no polo de Palmas, onde Dona Luzia, que já havia feito o procedimento no primeiro olho na semana passada, passou pela cirurgia no segundo olho, neste sábado, 18, restabelecendo sua visão.

Não é brincadeira não, você não enxerga. Deixei de fazer muitas coisas, quase todas eu deixei de fazer, não enxergava, depender dos outros não é fácil. Às vezes andava na rua já tropicando”, disse, ao relatar algumas das limitações que vinha enfrentado. Sobre o sentimento de voltar a enxergar, resumiu: “alegria [risos], alegria profunda”.

O programa Tocantins - Catarata Zero foi iniciado em 2019, por meio de parceria firmada pela senadora com as prefeituras municipais e clínicas oftalmológicas. Para sua execução, a senadora Kátia já destinou um montante de recursos, oriundos de emendas parlamentares, da ordem de R$ 14 milhões. O programa é executado em nove cidades-polo: Araguaína, Araguatins, Colinas do Tocantins, Gurupi, Palmas, Paraíso do Tocantins, Peixe, Porto Nacional e Tocantinópolis. Estes polos atendem aos 139 municípios tocantinenses.

Este programa se tornou um verdadeiro exemplo de como podemos fazer a diferença e resolver grandes problemas sociais por meio da nossa atuação e de parcerias. Já são mais de 10,2 mil cirurgias feitas e a minha meta é que até dezembro não haja sequer um tocantinense em fila esperando por cirurgia de catarata. Não é justo uma pessoa perder a visão, quando existe o tratamento que pode evitar que isso aconteça”, destacou a senadora.

No polo de Palmas, onde as cirurgias foram retomadas neste final de semana, são atendidos pacientes de 23 cidades. Na primeira etapa, neste polo, foram realizadas 1.848 cirurgias. A previsão é de que, nesta nova etapa, até dezembro sejam feitas outras 1.500.

Antônio Amorim, 74 anos, morador de Taquaralto (Foto: Divulgação)

Antônio Amorim Maia, 74 anos, mora em Taquaralto (distrito de Palmas) desde 1997. Ele sofria há anos com a perda de visão em função da catarata e, de um ano para cá, sentiu o quadro se agravar. “A gente perde a visão, perde o rumo e é ruim”. Minutos antes de passar pelo procedimento cirúrgico no segundo olho, ele já comemorava. “Alívio, alegria, só agradecer a Deus e às pessoas envolvidas”.

Polo de Palmas

São contemplados pelo polo de Palmas os municípios de Aparecida do Rio Negro, Bom Jesus do Tocantins, Centenário, Colmeia, Fortaleza do Tabocão, Goianorte, Guaraí, Lagoa do Tocantins, Lajeado, Lizarda, Miracema do Tocantins, Miranorte, Novo Acordo, Palmas, Pedro Afonso, Recursolândia, Rio dos Bois, Rio Sono, Santa Maria do Tocantins, Santa Tereza do Tocantins, São Félix do Tocantins, Tocantínia e Tupirama.

Dona Cecília Bispo, acompanhada da filha Coraci, após fazer a cirurgia de catarata no segundo olho (Foto: Divulgação)

Moradora de Taipas, Coraci Bispo veio a Palmas acompanhando a mãe, Cecília Bispo, de 76, que passou pela cirurgia. “Estava atrapalhando demais a vida dela, porque ela é idosa, mas é uma pessoa muito independente, gosta de fazer as coisas dela, está muito bem de saúde e o que estava atrapalhando a vida dela era essa questão da catarata. Um olho já estava muito comprometido. Ela foi encaminhada do município [Taipas] aqui para Palmas, foi muito bem atendida”, destacou.

Coraci também falou sobre programa Tocantins - Catarata Zero e o empenho da senadora Kátia para zerar a fila de cirurgias no Estado. “Estou muito agradecida, já a conheço, ela esteve várias vezes na minha cidade e eu sempre acompanho ela no Senado. Ela defende muito bem o nosso Estado. É uma pessoa que se preocupa muito com o Tocantins”, disse, lembrando os benefícios que o programa representa para a sua mãe e toda a família.

Dona Luzia está entre os mais de 10,2 mil pacientes contemplados até agora pelo Tocantins - Catarata Zero (Foto: Divulgação)

Deixe seu comentário:

Praia do Pedral de PalmeirasClésioClínica AndréAvecomA Fonte das LetrasGPS