CAMPANHA BOLETO BANCÁRIO
Facebook
12/03/2019 - 18h34m

VÁRIOS GOLPES NO NORTE DO ESTADO

Polícia Civil investiga empresária de Araguaína suspeita de praticar diversos crimes de estelionato e falsidade ideológica

Redação

Polícia Civil investiga empresária de Araguaína suspeita de aplicar vários golpes no Norte do estado

A Polícia Civil do Estado do Tocantins, por intermédio da 2ª Delegacia de Araguaína, instaurou seis inquéritos com o objetivo de investigar a prática de diversos crimes de estelionato e falsidade ideológica, supostamente, praticados por uma empresária na região. A investigada é proprietária da empresa MF Financeira, localizada no Setor Central de Araguaína, e teria feito inúmeras vítimas, dentre elas idosos que não sabem ler ou escrever.

Conforme apontaram as investigações preliminares da Polícia Civil, a suspeita realizava empréstimos para as vítimas e, logo após, de posse das informações pessoais delas, realizava outros empréstimos sem a autorização dos contratantes. Depois que o dinheiro era creditado nas contas bancárias das vítimas, a mulher entrava em contato e inventava histórias para convencer a vítima a transferir os valores recebidos para a conta da investigada, acreditando nos relatos da suposta autora, só vindo a descobrir o golpe posteriormente.

Em outro caso, a suspeita teria acompanhado o idoso até o caixa eletrônico do banco, vindo a realizar empréstimos bancários e sacando o dinheiro em seguida, sem que a vítima percebesse, acreditando que estava sendo ajudado a realizar o saque de benefício previdenciário.

Várias destas vítimas procuraram a empresária com o fim de reaver o dinheiro, no entanto, a mulher apresentava várias desculpas e prometia que faria a devolução o mais breve possível, o que, de fato, nunca acontecia.

As investigações estão em trâmite na 2ª Delegacia de Polícia Civil de Araguaína, que irá reunir os elementos probatórios cabíveis, vindo em seguida, a concluir os citados inquéritos.

Há indícios veementes de que outras pessoas possam ter sido vítimas do golpe, deste modo, a Polícia Civil orienta que façam o respectivo boletim de ocorrência, para a realização dos procedimentos legais cabíveis.

Empresa da investigada

Deixe seu comentário:

GPSWRFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoWELLBlog do Felipe de Sá