Facebook
15/04/2019 - 21h26m

INVESTIGAÇÃO CRIMINAL

AUGUSTINÓPOLIS: MPE investiga se prefeito Júlio Oliveira participou de esquema de propina para vereadores

Prefeito de Augustinópolis, Júlio Oliveira

O Ministério Público do Estado (MPE), por meio da Procuradoria Geral de Justiça, instaurou um procedimento investigatório criminal contra o prefeito de Augustinópolis, Júlio da Silva Oliveira (PRB). Segundo o órgão, as investigações devem apontar se o político teve participação no esquema de cobrança de propina para aprovação de projetos.

As cobranças foram descobertas durante a operação Perfídia, da Polícia Civil, que prendeu quase todos os vereadores da cidade. A suspeita é de que o esquema movimentava cerca de R$ 40 mil por mês.

Segundo o MPE, o objeto do processo é "apurar eventual prática de conduta ilícita do prefeito em oferecer ou prometer vantagem indevida". Júlio da Silva Oliveira deve ser intimado nos próximos dias.

Em janeiro deste ano, a Câmara de Vereadores de Augustinópolis abriu um processo de cassação contra o prefeito. A decisão foi tomada pelos suplentes, que assumiram as vagas após a prisão dos titulares.

Deixe seu comentário:



GPSWRFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoWELLBlog do Felipe de Sá