CAMPANHA BOLETO BANCÁRIO
Facebook
07/03/2019 - 09h25m

OS DADOS SÃO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Araguatins é a segunda cidade com mais casos de agressão a mulheres durante o período do carnaval no Tocantins

Dados do sistema eletrônico de processos do Tribunal de Justiça do Tocantins mostram que quase 50 mulheres registraram queixas de agressão durante o período do Carnaval no estado. A maioria dos boletim de ocorrência vem acompanhado de algum pedido de medida protetiva, para que o agressor seja proibido de se aproximar da vítima. As cidades com maior número de casos no estado são Palmas, Araguatins e Colinas. Para quem passa por uma situação do tipo o trauma pode continuar mesmo muitos anos depois.

"Ele era muito ciumento, bebia muito, agredia, me agredia, agredia os outros filhos dele que moravam com a gente. Mas eu era o alvo dele", lembra um vítima, que pediu para não se identificada.

Para a advogada Emilleny Lázaro, especializada em direitos da mulher, é necessário mais investimento no atendimento. "Estas mulheres não foram atendidas em delegacias especializadas, porque era feriado. Este tipo de violência exige um atendimento especializado, por isso também nos mostra que a demanda é por mais delegacias especializadas".

O delegado responsável pela Deam em Palmas, Hudson Guimarães, disse que está priorizando os casos de descumprimento da medida protetiva. "Os infratores que não cumprirem vão ser apenados pela nova lei que determina que é crime o não cumprimento da Maria da Penha, assim como a possibilidade da decretação da prisão preventiva".

Deixe seu comentário:

GPSWRFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoWELLBlog do Felipe de Sá