Energisa é o que liga site
Campanha INTERNET 75 ANOS - AC- TO - AM
Facebook
18/04/2017 - 07h57m

SECRETARIA DA AGRICULTURA

Após estudo em Araguatins e em mais 19 municípios do TO, Seagro apresenta prévia de diagnóstico da ovinocaprinocultura

Redação

O estudo para realização do diagnóstico da cadeia produtiva da ovinocaprinocultura foi realizado no início desse ano em vários municípios do Estado

 

Dando sequência as ações para fomentar a cadeia produtiva de ovinocaprinocultura no Tocantins, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) e Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae),  realiza nesta terça-feira, 18, a partir das 8:20h uma Oficina para apresentação preliminar do “Estudo sobre a Cadeia Produtiva de Ovinos e Caprinos no Estado do Tocantins”.

O evento visa apresentar o diagnóstico preliminar da cadeia produtiva de ovinos e caprinos no Estado e definir o papel de produtores e instituições para promover o desenvolvimento da Cadeia no Tocantins.

De acordo com a diretora de Políticas para a Pecuária da Seagro, Érika Jardim, a Oficina será realizada em duas etapas, no período da manhã, o consultor André Sório, apresentará ao público presente um estudo preliminar do comportamento da cadeia da ovinocaprinocultura no Tocantins, e à tarde, juntamente com as instituições da Câmara Setorial da Ovinocultura e produtores, outra reunião para determinar o papel de cada ator na promoção do desenvolvimento da atividade no Estado. Érika Jardim também adiantou que os resultados do diagnóstico serão divulgados durante a Agrotins 2017.

Diagnóstico da Ovinocaprinocultura

O estudo para realização do diagnóstico da cadeia produtiva da ovinocaprinocultura foi realizado no início desse ano, nos municípios de Araguatins, Miracema do Tocantins, Barrolândia, Paraíso do Tocantins, Porto Nacional, Aliança do Tocantins, Alvorada, Araguaçu, Dueré, Formoso do Araguaia, Gurupi, Dianópolis, Pindorama do Tocantins, Taguatinga, Ponte Alta do Bom Jesus, Palmas, Colinas do Tocantins, Araguaína, Presidente Kennedy e Pedro Afonso.

Foram realizadas pesquisas também no Instituto Federal do Tocantins (IFTO) de Dianópolis, na Escola Técnica de Natividade, na Associação de Produtores de Ovinos e Caprinos de Barrolândia, em Barrolândia e no Módulo Irradiador de Caprinocultura do Estado, localizado no município de Ponte Alta do Bom Jesus.

Ação

A ação é resultado do acordo firmado entre Governo do Estado e o Banco Mundial, por meio do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS), com a proposta de melhorar a sanidade dos alimentos, a produtividade dentro da propriedade rural e desenvolver mecanismos de acesso a mercados dos pequenos produtores.

PDRIS

No contexto do PDRIS, cabe à Seagro promover o desenvolvimento rural sustentável, a partir da inclusão de agricultores no processo produtivo sustentável, visando gerar renda nas unidades de economia de base familiar, reduzindo o êxodo rural e a pobreza no campo.

Dados

De acordo com os números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2014, o Tocantins possui um rebanho efetivo de aproximadamente 135 mil cabeças de ovinos e caprinos.

Deixe seu comentário:

Campanha Institucional Web banner Parte III - Veiculaçãojr(REDE SOCIAL - PORTAL MUSIC)rocha alFesta AugustinópolisBlog do Felipe de SáGPSvalériaBAUarmazém paraíbaSucesso FMDudu a Fora