CAMPANHA BOLETO BANCÁRIO
Facebook
26/02/2019 - 11h22m

UM REVÓLVER FOI APREENDIDO

Três pessoas suspeitas de envolvimento com diversos crimes são presas pela PM em Araguatins

Ascom/9ºBPM

Revólver apreendido pela PM em poder do autor dos disparos contra os policiais

Equipe de Força Tática (FT) do 9º Batalhão da PM, realizou a prisão de três pessoas na noite dessa segunda-feira, 25, no Bairro Vila Cidinha, em Araguatins. Duas delas com idade de 20 anos e um com 25, acusadas de envolvimento com drogas. A equipe tática da PM chegou ao local após levantamento realizado pelo serviço de inteligência do 9º Batalhão.

As primeiras informações recebidas pelo serviço de Inteligência do 9º BPM eram de que o veículo Ford/Fusion, com placa de Anápolis (GO), encontrava circulando no Bairro Vila Cidinha com três ocupantes suspeitos de praticar crimes.

Ainda segundo levantamento, os suspeitos do carro foram reconhecidos como os indivíduos abordados e presos na semana anterior pela polícia na cidade de Itinga (MA), com 2 armas de fogo. Suspeitava-se também, que os acusados iriam praticar roubos na região.

Diante dessas informações a PM localizou o veículo estacionando e os ocupantes desembarcando e adentrando em uma residência naquele setor. A equipe de Força Tática da PM fez o cerco. Dois policiais militares deslocaram pelos fundos e dois pela frente da residência.

O quarto indivíduo, com 28 anos de idade, estava escondido no fundo da residência. Ao ouvir que um dos comparsas havia sido contido pelos policiais, tentou fugir pelos fundos, armado com um revólver cal.38. Ao receber voz de parada, começou a disparar vários tiros contra os militares.

No intuito de repelir a atual e injusta agressão por parte do infrator da lei, utilizando o uso seletivo da força, a PM efetuou disparos de armas de fogo vindo atingir o acusado. O indivíduo foi socorrido de imediato pelo Corpo de Bombeiros até o hospital de Araguatins em seguida e transferido para o hospital de Augustinópolis, mas, não resistindo aos ferimentos, acabou morrendo.

A perícia técnica constatou que a arma de fogo usada pelo acusado havia 03 munições intactas e 03 deflagradas. De acordo com a polícia judiciária, o autor dos disparos contra a PM possuía diversas passagens, tráfico de entorpecentes, associação para o tráfico e porte de arma de fogo.

Dentre as outras três pessoas envolvidas que estavam na residência, uma era mulher (20). Todos foram apresentados juntamente com o veículo na central de flagrantes da Polícia Civil de Araguatins. A arma e munições foram  encaminhadas para a perícia.

Deixe seu comentário:

GPSWRFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoWELLBlog do Felipe de Sá