Facebook
22/03/2018 - 13h01m

COMANDO DO PALÁCIO

Tocantins terá duas eleições diretas em 2018?

Especialistas em direito eleitoral disseram há pouco que, a contar do prazo da vacância do cargo de governador, com o novo afastamento de Marcelo Miranda(MDB), nesta quinta-feira, 22, o Tocantins deverá ter duas eleições diretas em 2018. 

O advogado Leandro Manzano, que acompanhou em Brasília a sessão do TSE, ressaltou que “pelo que já sinalizou no plenário, o Tocantins terá eleição direta, com convocação sendo feita após a publicação do acórdão, sem a  necessidade do julgamento dos embargos(outros recursos)”.

Desta forma, até a convocação da ‘primeira eleição direta’ para o cargo, em junho, quem assumirá é o presidente da Assembleia Legislativa, Mauro Carlesse (PHS), que inclusive poderá se candidatar ao cargo. Esse mandato tampão terminará em dezembro. Já a ‘segunda eleição’ será em outubro, seguindo os demais cargos – duas vagas para o Senado Federal e Assembleia Legislativa.

O Tribunal Regional Eleitoral, por meio da assessoria de comunicação, informou que o órgão aguardará a comunicação oficial do TSE sobre a decisão, para depois dar início às medidas.

Com a decisão de hoje, o governador Marcelo Miranda se torna o único do Brasil a ser cassado duas vezes. Eleito em 2002 pela primeira vez como governador do Tocantins, na época pelo PFL, foi reeleito em 2006, já pelo PMDB.  Mas foi afastado em 2009, por decisão do TSE. Em 2010 se candidatou ao Senador da República, sendo eleito com 340.931 votos, mas foi impedido de assumir o mandato. (Reprodução Orla Notícias)

Deixe seu comentário:

1 Comentário(s)

  • Samuel Fernandes De Souza | 22/03/2018 | 13:40 É isso ae passe o pente fino Tocantins no rumo certo eu Amo Tocantins moro em Brasília sou de São Bento do Tocantins
WRGpsFarcomVereador Professor Júnior GeoGPS GANHADORESSucesso FMGPS PORTUGUÊSBAU(REDE SOCIAL - PORTAL MUSIC)GPSWELLBlog do Felipe de Sá