CAMPANHA - PRESENÇA DIGITAL WEB 1
Facebook
29/12/2018 - 16h03m

RANKING DA SENASP

Tocantins fica entre os três Estados com maior efetividade nacional no combate ao tráfico de drogas em 2018

Redação

Tocantins é um dos Estados que mais combateram o tráfico de drogas

Pelo segundo ano consecutivo, o Tocantins ficou em terceiro lugar no ranking de avaliação da Secretaria Nacional da Segurança Pública (Senasp), as ações de combate ao tráfico de drogas da Polícia Civil do Tocantins em 2018, colocaram o Estado entre os três mais efetivos do país no combate a este tipo de crime. Foram apreendidos 464,1kg de maconha, 36,1 kg de crack, 8,4 kg de cocaína e 3.249 unidades de drogas sintéticas, avaliadas, ao todo, em aproximadamente R$ 1,5 milhão, além de efetivarem a prisão de 281 traficantes.

O resultado do trabalho realizado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) é apenas um indicativo da boa administração e dos investimentos realizados durante a gestão do Governador Mauro Carlesse. Neste ano, 60 aprovados no concurso da Polícia Civil foram convocados para reforçar a área, tanto na Capital, quanto no interior do Estado.

Com previsão na Lei Orçamentária Anual (LOA), foram nomeados 22 delegados, 26 escrivães e 12 peritos que passaram a atuar no combate à criminalidade nos municípios do interior do Estado.

Mega Operações Policiais

Até o mês de novembro deste ano, a SSP já contabilizava a realização 10 megas operações policiais (Tiradentes; Varredura – 3º Fase; Ostentação; BNMP; Red Fox; Assepsis; Jogo Limpo; Operação Cronos; Avalanche; e Travessia) que combateram o tráfico de drogas, crimes de homicídio e feminicídio, esquema criminoso de desvio de verbas públicas, práticas de roubos, entre outros.

Instituto de Identificação

Mais de 100 mil documentos de identidade foram emitidos pela SSP entre os meses de abril e novembro deste ano. Sendo 54% deles relacionados à emissão da 1ª via do documento de identificação, serviço público marcado pela gratuidade.

O Instituto de Identificação do Estado do Tocantins, com sede em Palmas, é responsável pela Identificação Civil (emissão da Carteira de Identidade), Criminal (relativa aos presos encaminhados pelas Autoridades Policiais), Necropapiloscópica (identificação cadavérica com base em impressões papilares) e também pela emissão do Atestado de Antecedentes Criminais.

Inaugurações de Delegacia da Polícia Civil

Entre os meses de abril e novembro de 2018, o Governo do Tocantins inaugurou 17 unidades de Polícia Civil no Tocantins.

“As unidades policiais contam agora com novos prédios, modernos e confortáveis, que possibilitam um melhor atendimento à população daquelas localidades que buscam, diariamente, os seus serviços, assim como proporcionam mais qualidade para que policiais civis e demais servidores possam desempenhar suas atribuições com eficiência e celeridade”, disse o Governador Mauro Carlesse.

As delegacias seguem, agora, o padrão de identidade visual da Polícia Civil do Estado do Tocantins, prevista em instrução normativa do órgão de segurança, e foram estruturadas com novos equipamentos de informática, mobiliários e ares-condicionados.

Além do Centro do Estado, Bico do Papagaio e as regiões Centro-Norte e Norte do Tocantins foram beneficiadas com novas instalações das Delegacias de Polícia Civil, dentre especializadas e circunscricionais, dos municípios de Barra do Ouro (29/4), Ananás (16/5), Xambioá (16/5), Pedro Afonso (18/5), Colméia (18/5), Augustinópolis (19/5), Nova Olinda (08/6), Tocantinópolis (14/6), Araguatins (15/06), Aragominas (28/6), Complexo de Delegacias, Central de Atendimento da Polícia Civil, Núcleos de Identificação, Perícia Criminal e Médico-Legal de Colinas do Tocantins (31/8), Delegacia de Polícia de Wanderlândia (31/8), Delegacia de Polícia de Carrasco Bonito (02/10), Delegacia de Polícia de Aguiarnópolis (4/10) e Delegacia de Polícia de Santa Fé do Araguaia (13/11).

Academia Itinerante

O projeto Academia Itinerante busca aprimorar os conhecimentos intelectuais e operacionais de policiais civis de Palmas e do interior do Estado do Tocantins, levando até a sede de cada Delegacia Regional cursos de aperfeiçoamento nas áreas fim da Polícia Civil e atividades de promoção da saúde, fomentando a atuação no desempenho de funções de polícia judiciária e de investigação de infrações com eficácia e eficiência.

Em 2018, foram capacitados mais de 400 policiais civis nas cidades de Araguaína, Colinas, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Miracema e Palmas.

Previsões para 2019

Segundo o secretário de Estado da Segurança Pública, Heber Luís Fidelis Fernandes, 2019 será marcado pela busca de novos investimentos na área de Segurança Pública e pelo aprimoramento do já eficiente trabalho desempenhado pela Polícia Civil no Estado.

Estamos incessantemente debruçados em um planejamento estratégico da pasta para o ano que se inicia, adaptado a um novo cenário nacional de busca de alternativas que otimizem os serviços prestados pela Instituição ao nosso cidadão. A implementação de convênios em andamento e a efetivação de novos acordos com o governo federal em benefício da Segurança Pública no Tocantins para o reaparelhamento de nossas Polícias Civil e Científica, fortalecendo o combate à criminalidade, também serão priorizadas”, concluiu.

Deixe seu comentário:

CAMPANHA ARRAIÁ DA AMIZADE 2019senacGPSWRFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoWELLBlog do Felipe de Sá