Campanha PRESENÇA DIGITAL -AGOSTO
Facebook
27/05/2019 - 16h34m

MÁGICA CIRCENSE

TOCANTINÓPOLIS: Professor usa atividades lúdicas para ensinar Matemática

Professor Claudir é responsável pela eletiva Circo Matemático na escola

Usar a mágica e o encantamento circense para ensinar Matemática, essa foi a ‘sacada’ do professor Claudir Aguiar, da Escola Estadual de Tempo Integral XV de Novembro, ao propor a Disciplina Eletiva Circo Matemático. A unidade de ensino, localizada no município de Tocantinópolis, atende cerca de 170 estudantes do 5º ao 9º ano do ensino fundamental.

As disciplinas eletivas integram a proposta das escolas de tempo integral da rede estadual. O modelo é uma adaptação da metodologia Jovem em Ação, original das escolas de ensino médio que têm alcançado resultados positivos no Tocantins.

O conteúdo é trabalhado utilizando mágica e outras atividades circense

Em todo o Estado são 25 escolas de ensino fundamental que atendem mais de 6.200 alunos. Desde 2018, a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) vem adotando este padrão no ensino fundamental. Os alunos destas unidades também têm acesso a outras inovações como o projeto de vida e as salas temáticas.

Ao utilizar essa metodologia de êxito das escolas Jovem em Ação, auxiliamos na ampliação e aprofundamento dos conhecimentos do estudante para fazer com que a Parte Diversificada, que contempla componentes como as Eletivas e o Projeto de Vida, auxilie também na Base Comum Curricular. No caso específico das eletivas, as temáticas são escolhidas de maneira conjunta entre os estudantes e professores, com base nas competências e habilidades não desenvolvidas adequadamente no semestre anterior,”, explica o gerente de Educação Integral da Seduc, Saulo Simon Borges.

Circo Matemático

Idealizada pelo professor Claudir Aguiar, a Eletiva Circo Matemático tem como objetivo despertar o interesse pela Matemática e contribuir para a melhoria da aprendizagem. “Pensamos numa forma de atrair os alunos utilizando a mágica, as surpresas e o deslumbramento associados ao circo. Usando o lúdico como ferramenta para incentivar o gosto pela Matemática, buscando assim melhorar a capacidade de resolver problemas, além de desenvolver a concentração e a socialização”, enfatizou.

Evento Gincalculando envolve toda a escola nas provas

Além das atividades desenvolvidas na escola, a Eletiva teve outros resultados como o evento Gincalculando, uma gincana que envolve toda unidade de ensino em diversas provas. Os truques e performances dos picadeiros também são apresentados em outras instituições da cidade.

Os alunos treinam os truques para apresentar em outras escolas

Incialmente mostramos as mágicas para eles, explicamos os fundamentos matemáticos por trás de cada um e, depois, treinamos os truques para que os próprios alunos possam executar sozinhos. Para eles é um momento importante, poder mostrar o que aprenderam para estudantes de outras escolas”, relatou Claudir.

Nicoly relata que passou a gostar ainda mais da Matemática, a partir da eletiva

Na avaliação da estudante do 7º ano, Nicoly Alves Viana, o aprendizado de forma descontraída é o maior benefício do Circo Matemático. “Essa disciplina tem me dado a oportunidade de ver a Matemática como uma atividade divertida e prazerosa. Depois do circo, muitos alunos que não gostavam de Matemática, passaram a gostar da disciplina. Aprendemos equação de 1° grau, potenciação e divisibilidade”, contou empolgada.

Deixe seu comentário:


senacGPSWRFarcom