Facebook
06/10/2021 - 18h58m

TOCANTINS

TO 33 anos: posição estratégica e infraestrutura multimodal favorecem escoamentos da produção do agro e de mercadorias

Secom - TO

Rodovias estão sendo construídas para melhorar o acesso em diversas regiões do Tocantins.

Escoamento da produção passa pelas rodovias do Estado, são mais de 13 mil km (Foto: Governo do Tocantins)

A posição privilegiada e estratégica do Tocantins, bem no centro do país, favorece a distribuição de mercadorias e o acesso aos principais centros consumidores do Brasil e do mundo. O Tocantins faz fronteira com os estados do Maranhão, Piauí, Bahia, Goiás, Mato Grosso e Pará, e possui uma logística multimodal composta por rodovias, ferrovia e aeroportos.

Em termos de infraestrutura, o Tocantins herdou do estado de Goiás apenas 118,24 km de rodovias pavimentadas. Atualmente, além das estradas municipais, são 1.818,4 km de rodovias federais e cerca de 13 mil km de rodovias estaduais, sendo aproximadamente 6 mil km pavimentados e 7 mil km ainda não pavimentados.

Estamos atuando em várias frentes para melhorar a trafegabilidade nas nossas rodovias, desde a reconstrução do pavimento de alguns trechos que já estavam muito deteriorados, até a construção de novas rodovias, além da construção de pontes de concreto e manutenção de rotina da nossa malha viária. Todo esse investimento tem o objetivo de melhorar o tráfego nas rodovias, o escoamento da produção e de fortalecer o turismo em todo o Estado”, destaca o governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse.

Na gestão Mauro Carlesse, foram e estão sendo executados 892,38 km de pavimentação em rodovias, sendo 147,54 km de novas rodovias em execução, 66,28 km já concluídos e mais 678,56 km reconstruídos por estarem muito danificados e em más condições de trafegabilidade. O investimento total é de mais de R$ 453,1 milhões.

Os trechos em construção são os seguintes: TO-255 - entre Lagoa da Confusão e Barreira da Cruz; TO-247- entre Lagoa do Tocantins e São Félix do Tocantins; e TO-365 - entre Gurupi e Trevo da Praia.

A primeira corresponde a 47,29 km de extensão e deve ser entregue em até 860 dias. O valor do investimento é de R$ 47,1 milhões. Pela estrada, passam diariamente cerca de 250 caminhões, transportando calcário, melancia, arroz, feijão e soja. A rodovia é também um importante trajeto para o transporte escolar dos alunos da zona rural e das comunidades indígenas da região da Ilha do Bananal.

Com a conclusão das obras, a TO-247 será mais uma opção de acesso aos atrativos do Jalapão, além das rodovias TO-030, TO-110 e TO-225

Já as obras da primeira etapa da TO-247 que correspondem a 50 km, com investimentos de R$ 50,1 milhões, já começaram a receber capa asfáltica em alguns lugares no município de Lagoa do Tocantins. A segunda, fazendo a interligação do asfalto até a cidade de São Félix, encontra-se em fase de licitação para ser iniciada, imediatamente, após a finalização da primeira. Com a conclusão das obras, a TO-247 será mais uma opção de acesso aos atrativos do Jalapão, além das rodovias TO-030, TO-110 e TO-225. 

Obras de pavimentação asfáltica da rodovia TO-365, no entroncamento que liga a BR-153 de Gurupi ao Trevo da Praia e ao Acesso à Balsa

As obras da TO-365, no entroncamento que liga a BR-153 (Gurupi) ao Trevo da Praia e ao Acesso à Balsa, correspondem a 50,25 km de extensão, com investimentos de mais de R$ 68,6 milhões.

Já foram concluídos 32,23 km na Rodovia TO-444/447- Paraíso e Chapada da Areia (inaugurada em 2018); 7,8 km na Rodovia TO-126 - Tocantinópolis ao Povoado Ribeirão grande (inaugurada em 2019); e 26,25 km na Rodovia TO-141- Palmeirópolis a Minaçu -GO, que será inaugurada em breve.

Somam-se a essas obras mais R$ 6 milhões investidos na correção de desmoronamentos na TO-130, entre Lagoa do Tocantins e Ponte Alta do Tocantins, e ainda construção de nove pontes em diversas cidades do Tocantins, perfazendo um total de 1.868 metros de extensão. Com destaque para a Ponte de Porto Nacional na TO-255, sobre o Rio Tocantins, que corresponde a 1.488 metros de extensão, sendo 1.088 metros de armação de concreto e 400 metros de aterro.

Cerca de 20% da obra de construção da nova ponte de Porto Nacional, ligando a região à BR-153, já foi executada (Foto: Luciano Ribeiro)

As obras da construção da nova ponte de Porto Nacional, incluindo a implantação de acesso à ponte, ligando a região a BR-153, seguem em ritmo acelerado. Cerca de 20% da obra já foi executada, sendo que as escavações para a construção das fundações dentro do leito do rio já começaram. A ponte terá 22 pilares, 16 submersos e seis em terreno seco, sendo que quatro dos seis pilares em terreno seco já tiveram suas fundações concluídas. A previsão é de que a ponte seja entregue até o final do próximo ano. A obra da ponte de Porto Nacional foi licitada no valor de R$ 101 milhões e conta com recursos de uma operação de crédito feita com o Banco Regional de Brasília (BRB). 

Reconstrução

Mais de R$ 230,2 milhões foram investidos na reconstrução de pavimentos de rodovias por estarem muito danificados e em más condições de tráfego. No total, foram reconstruídos 678,56 km de rodovias.

Só na região sudeste foram 11 trechos, que já estavam muito degradados, de duas rodovias, a TO-040 e TO-110, totalizando 287,7 km recuperados, beneficiando quem trafega por Dianópolis, Novo Jardim, Ponte Alta do Bom Jesus, Taguatinga, Aurora do Tocantins, Lavandeira, Combinado e Novo Alegre. O valor total investido foi de mais de R$ 80 milhões e as obras foram inauguradas em março de 2020.

Na região central do Estado, foram restaurados três trechos de três rodovias, TO-070, TO-255 e TO-080, totalizando 136 km, com investimento total de R$ 66,5 milhões, beneficiando quem trafega pelos trechos de Porto Nacional a Brejinho de Nazaré; Porto Nacional a Monte do Carmo; e Luzimangues a Paraíso do Tocantins.

Na mesma região, estão sendo reconstruídos mais 148,73 km, sendo 90 km na TO-255 entre Monte do Carmo e Ponte Alta do Tocantins; e 58,73 km na TO-070, de Brejinho de Nazaré a Aliança do Tocantins. Um investimento total de R$ 52,6 milhões.

Já na região sul, estão sendo reconstruídos os 106,13 km, sendo 41,8 km entre a TO-498 (Jaú do Tocantins) a TO-387, mais 28,13 km entre a TO-387 (Palmeirópolis) e a Divisa com Goiás, e mais 36,2 km entre a TO-498 (Jaú) e o entroncamento com a TO-373. Um investimento de R$ 31,1 milhões.

"Os trabalhos fazem parte do Plano de Desenvolvimento Logístico do Estado, que tem como objetivo fortalecer a malha viária estadual, facilitando assim o escoamento da produção e proporcionando mais qualidade de vida e segurança para a população. Um compromisso em encurtar distâncias e permitir melhorias nos serviços públicos, proporcionando mais desenvolvimento para todas as regiões, saúde, educação e fortalecimento do turismo”, ressalta a secretária de Estado da Infraestrutura e presidente da Agência Tocantinense de Transporte e Obras (Ageto), Juliana Passarin.

Outros modais

Mais 800 km de trilhos da Ferrovia Norte-Sul cortam o Tocantins, possibilitando acesso aos Portos de Itaqui (MA) e Santos (SP)

Além disso, mais 800 km de trilhos da Ferrovia Norte-Sul cortam o Tocantins, possibilitando acesso aos portos de Itaqui -MA e Santos - SP, integrando diversas regiões do país e contribuindo para o crescimento dos projetos agropecuários e agroindustriais nesse eixo, ao propiciar o escoamento da produção com rapidez e baixo custo em qualquer direção. Duas grandes plataformas já estão em operação em Palmeirante e Porto Nacional, sendo que a de Gurupi já está pronta para funcionar.

O Aeroporto de Palmas possui a maior área aeroportuária do país, própria para instalação de empresas que usam esse tipo de transporte

O Aeroporto de Palmas possui a maior área aeroportuária do país, própria para instalação de empresas que usam esse tipo de transporte. O terminal de cargas já está em processo de alfandegamento. O Estado conta com voos regulares de passageiros e cargas das principais empresas aéreas brasileiras ligando diretamente o Tocantins às regiões Sudeste e Centro-Oeste, e já existe planejamento para novas rotas incluindo as regiões Norte e Nordeste.

O Estado é cortado por rios que possibilitam a implantação da Hidrovia Tocantins, que será um marco na logística de transportes e que irá promover a integração das bacias Tocantins e Amazonas, interligando por águas os portos de Belém- PA e Manaus-AM ao Tocantins.

Outro projeto importante é o Porto de Praia Norte, que vai facilitar ainda mais a ligação do Tocantins ao Oceano Atlântico e aos principais portos do mundo, sendo que funcionará como um entreposto fiscal da Zona Franca de Manaus no Tocantins. Esse empreendimento vai proporcionar mais agilidade e economia, reduzindo as distâncias para os mercados europeu, americano e asiático.

Só na região Central do Estado, foram restaurados três trechos de três rodovias, TO-070, TO-255 e TO-080, totalizando 136 km, com investimento total de R$ 66,5 milhões (Foto: Thiago Sá)

Deixe seu comentário:

SENAC TO Campanha: SENAC SETEMBRO 2021Campanha SICTEG - SEBRAE - TOSarauClínica AndréAvecomA Fonte das LetrasGPS