teste
BRK AMBIENTAL/Campanha: Site Tocantins 2022 -Maio/Junho
Facebook
26/05/2022 - 15h22m

CORRUPÇÃO

TCU suspende obras da Codevasf no Tocantins após verificar direcionamento irregular de recursos feito por parlamentares

TCU suspende obras da Codevasf no Tocantins após verificar direcionamento irregular de recursos feito por parlamentares

O plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) determinou nesta quarta-feira, 25, que a Codevasf (Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco) suspenda a realização de novas obras de pavimentação no Tocantins e nos estados do Amapá, Bahia, Alagoas, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Minas Gerais, Piauí e Maranhão.

A decisão foi tomada após uma auditoria concluir que houve direcionamento irregular de recursos federais feito por parlamentares. No Tocantins, o maior indicador de emendas para a Codevasf é o senador Eduardo Gomes (PL).

Os técnicos do TCU constataram que os mesmos parlamentares que indicavam os recursos também eram responsáveis, em diversos casos, pela escolha da empresa que deveria realizar a obra.

Segundo o portal O Globo o processo acontecia da seguinte forma: “a Codevasf mantinha contratos chamados "guarda-chuva" com essas empresas para realizar obras de asfaltamento. Quando o parlamentar indicava o recurso, ele também informava qual o tipo de material deveria ser usado. Dessa forma, ao escolher o asfalto, acabava direcionando a contratação para uma determinada empreiteira, já que cada empresa foi contratada para fazer as pavimentações com tipos específicos de materiais”, disse o veículo em sua reportagem.

Quase metade do orçamento previsto para os anos de 2020 e 2021, cerca de R$ 3,6 bilhões, é proveniente das chamadas emendas de relator, o mecanismo pelo qual parlamentares destinam verbas do governo a seus domicílios eleitorais sem que sejam identificados.

Em março, a imprensa nacional também repercutiu o atraso nas obras e a má qualidade do pavimento construído no Tocantins e em outras regiões do país.

Deixe seu comentário:

Praia do Pedral de PalmeirasClésioClínica AndréAvecomA Fonte das LetrasGPS