BANCO DA AMAZÔNIA campanha mercadológica
Facebook
07/10/2019 - 16h45m

EDUCAÇÃO

Selo Quem Educa, Faz!: Projeto de professor de Tocantinópolis já está entre os inscritos

Redação

Projeto do professor Claudir Aguiar de Oliveira, da Escola Estadual Girassol de Tempo Integral XV de Novembro, de Tocantinópolis, está entre os inscritos no Selo Quem Educa, Faz!

 

Iniciativas inovadoras desenvolvidas por profissionais da Educação podem ser inscritas no ‘Selo Quem Educa, faz!’, certame realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc). As inscrições seguem abertas até o dia 15 de outubro no site da Seduc. Entre os projetos já inscritos, está o projeto ‘Circo Matemático’, do professor Claudir Aguiar de Oliveira, da Escola Estadual Girassol de Tempo Integral XV de Novembro, no município de Tocantinópolis.

Até a última quinta-feira, 3, mais de 2.800 projetos já haviam sido inscritos no ‘Selo Quem Educa, Faz!’. A premiação tem o objetivo de reconhecer a contribuição de educadores na melhoria da educação pública e consiste numa seleção e premiação de práticas pedagógicas.

Categorias

São duas categorias para inscrição. A primeira categoria é Indicadores de Qualidade/Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb), que abrange as subcategorias: Diretorias Regionais de Educação (DRE); escolas estaduais; Secretarias Municipais de Educação/escolas municipais; professores de Língua Portuguesa e/ou Matemática de 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio. Só nesta categoria já são 1.140 inscrições.

Já a segunda, que contempla os projetos pedagógicos, tem 1.664 inscrições. Esta categoria é dividida nas seguintes subcategorias: professores da Educação Infantil; professores do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental; professores do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental; professores do Ensino Médio; iniciativas pedagógicas – para servidores que atuam nas escolas, nas Diretorias Regionais de Educação e nas Secretarias Municipais de Educação.

Projetos inscritos

O projeto Circo Matemático visa despertar o interesse pela matemática e contribuir para a melhoria da aprendizagem

Os projetos inscritos são diversos. O professor Claudir Aguiar de Oliveira, da Escola Estadual Girassol de Tempo Integral XV de Novembro, no município de Tocantinópolis, inscreveu o projeto ‘Circo Matemático’. A ideia é despertar o interesse pela matemática e contribuir para a melhoria da aprendizagem, por meio de atividades lúdicas.

Usando a ludicidade como ferramenta para incentivar o gosto pela matemática, podemos melhorar a capacidade de resolver problemas e desenvolver a concentração e socialização. Ensino alguns truques, mágicas e desafios que envolvem conteúdos como divisibilidade, equações, combinatória entre outros”, destacou o professor.

A iniciativa de Claudir transforma a maneira de aprender matemática, atrai os estudantes de 6º ao 8º ano do ensino fundamental ao unir a Matemática à magia, a surpresa e o deslumbrante mundo do circo.

Deixe seu comentário:

ENERGISA   Campanha: PRESENÇA DIGITAL SETEMBROCampanha INSTITUCIONAL - OUTUBRO   assembleiasenacGPSFARCOMWR