CAMPANHA - PRESENÇA DIGITAL WEB 1
Facebook
16/05/2019 - 18h56m

MEI

Sebrae prepara Semana do Microempreendedor individual no Bico do Papagaio

Sebrae prepara Semana do MEI no Bico do Papagaio

De 20 a 24 de maio, acontece em todo o Brasil a Semana do MEI, evento do Sebrae direcionado a quem deseja se tornar um microempreendedor individual ou aprimorar seu próprio negócio. A programação contempla consultoria, orientação sobre gestão, inovação, finanças e benefícios empresariais, além de palestras que destacam cases de sucesso. As atividades serão realizadas em Augustinópolis, Axixá, Ananás, Tocantinópolis e na sede regional do Sebrae, em Araguatins.

Os participantes poderão esclarecer os principais pontos sobre formalização, declaração anual, parcelamento de dívidas, dentre outras informações sobre as regras e os benefícios do MEI. A programação completa está disponível no http://portaldeservicos.to.sebrae.com.br.

"O MEI pode ser a porta de entrada para quem deseja realizar o sonho de ter o próprio negócio. O objetivo dessa semana é divulgar e conscientizar os empreendedores informais sobre os benefícios da formalização e alertar os já formalizados sobre as consequências decorrentes do não atendimento de suas obrigações tributárias anuais. É um trabalho que o Sebrae para levar conhecimento a este público, de modo que possam agir na legalidade, crescer e contribuir para o desenvolvimento da economia do estado e do país” enfatizou Moisés Gomes, superintendente do Sebrae Tocantins.

MEI

De acordo com o Portal do Empreendedor, existem 58 mil microempreendedores individuais (MEIs) no Tocantins. Só na região do Bico do Papagaio são cinco mil MEIs, o que representa 65 % na participação dos pequenos negócios regionais.

Para ser um microempreendedor individual é necessário faturar o máximo R$ 81 mil no ano (média mensal de R$ 6.750, que deve ser calculada de acordo com o mês em que foi feita a formalização) e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular. Pode-se ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria.

O MEI é automaticamente enquadrado no Simples Nacional e está isento dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL). Assim, paga apenas o valor fixo mensal de R$ 49,90 (Comércio ou Indústria), R$ 54,90 (Prestação de Serviços) ou R$ 55,90 (Comércio/Indústria e Serviços juntos) - destinado à Previdência Social e ao ICMS ou ao ISS; montante atualizado anualmente, conforme o salário mínimo. (Ascom / Sebrae)

Deixe seu comentário:

senacGPSWRFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoWELLBlog do Felipe de Sá