Facebook
01/02/2019 - 23h50m

AUXÍLIO

Sebrae orienta pequenos negócios do Bico do Papagaio

Ascom/Sebrae

Para 2019, a Regional do Sebrae na região do Bico do Papagaio já programou uma série de ações tanto para quem já tem uma empresa e quer melhorar ou para quem tem planos de abrir o próprio negócio. Localizada em Araguatins, essa unidade também está auxiliando empreendedores do município e da região que querem se tornar Microempreendores Individuais (MEI), renegociar dívidas, fazer a declaração anual e tirar dúvidas com relação à atividade.

A palestra de formalização para o MEI e a oficina para confecção da Declaração de faturamento acontece todas as quartas-feiras, às 09 horas, no auditório da regional do Sebrae, em Araguatins. Outros cursos, oficinas, palestras e consultorias também são oferecidos pela instituição no decorrer do ano e podem ser conferidos no Portal de Serviços do Sebrae Tocantins: http://portaldeservicos.to.sebrae.com.br

Dados

O Sebrae Tocantins já atende cerca de sete mil pequenos negócios na região do Bico do Papagaio. Quase 10% das pequenas empresas tocantinenses estão localizadas nessa região. Os Microempreendores Individuais (MEI) também se destacam e representam 66% das pequenas empresas locais.

Declaração anual de faturamento do MEI

Até o dia 31 de maio de 2019, todos os microempreendedores individuais devem realizar a Declaração Anual do MEI. Para estar em dia com suas obrigações legais, o MEI deverá informar os valores brutos faturados no ano passado. A Declaração pode ser feita pela internet, no Portal do Empreendedor, mas o Sebrae oferece apoio para quem tiver dificuldades em acessar o site. O empreendedor receberá as orientações sobre os campos que devem ser preenchidos no site.

O processo é gratuito e obrigatório para qualquer MEI. O documento deve ser elaborado com os dados de faturamento bruto referentes ao exercício 2018, além de informar se houve contratação de funcionário no período. O faturamento bruto é o valor total das vendas de mercadoria e prestação de serviço sem deduzir nenhuma despesa.

A gerente regional do Bico do Papagaio, Odeane Milhomem, explica que quem não cumprir com essa obrigação está sujeito a algumas penalidades. “O MEI poderá pagar multas, perder os benefícios do INSS e até ter o cancelamento de sua empresa. É importante ressaltar que, mesmo que o MEI não tenha faturado nada no ano anterior, deve fazer a declaração”, destacou.

Deixe seu comentário:

Carnaval de GurupiGPSWRFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoWELL