Campanha PRESENÇA DIGITAL -AGOSTO
Facebook
10/09/2019 - 17h51m

PRESTAÇÃO DE CONTAS

Saúde apresenta diversos avanços em relatório do 1º quadrimestre na Assembleia Legislativa

Na manhã desta terça-feira, 10, foi apresentado na Assembleia Legislativa do Estado, na Comissão de Finanças, Tributação, Fiscalização e Controle; a prestação de contas do 1º quadrimestre da Saúde Estadual, onde foram detalhados ações e avanços da gestão frente aos desafios da área, com destaque para o aumento da credibilidade do Estado do Tocantins, ficando entre os Estados da Federação com risco médio na capacidade de pagamento, bem a frente dos grandes centros como Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo, segundo pesquisa da Indústria Farmacêutica Brasileira.

A apresentação foi feita pelo secretário de Estado da Saúde, Dr. Edgar Tollini, que respondeu a todos os questionamentos dos parlamentares presentes. “A Secretaria, como todos os demais órgãos do Estado, está fazendo o dever de casa reduzindo custos e melhorando a capacidade de gestão. Reduzimos o custo com pessoal em 20% nos contratos, buscamos a qualificação dos serviços, a exemplo da implantação do Registro de Qualificação de Especialista (RQE) para profissionais médicos, conseguimos aprovar a legislação da jornada de trabalho, o Hospital Geral de Palmas (HGP) conta com sua escala do Pronto Socorro, sala vermelha e amarela fechada sem plantões extras e conseguimos atrair profissionais qualificados para o bem dos usuários do serviço público”, ressaltou.

Os dados e avanços apresentados pela gestão foram aprovados pelos parlamentares. O deputado estadual Elenil da Penha (MDB) reconheceu o esforço que as equipes técnica e de gestão estão tendo à frente da Secretaria da Saúde. “Busco saber com precisão como estão os atendimentos nas unidades hospitalares, em Araguaína não há falta de medicamentos, no Hospital Geral de Palmas, foram realizadas dezenas de cirurgias, o corredor foi controlado, o trabalho está fluindo mesmo diante da falta de recursos, isso significa que é gestão, trabalho bem feito”, salientou.

O deputado estadual Nilton Franco (MDB), presidente da Comissão, propôs que os 24 deputados estatuais juntos destinem R$24 milhões em emendas parlamentares para sanar toda a demanda da fila de cirurgia eletiva do Tocantins. Na ocasião, ele expôs sua preocupação com a fila de espera das cirurgias e com a falta de recursos para investimentos em melhorias estruturais dos hospitais do estado. “Reconheço que a saúde é um gargalo e que avanços estão ocorrendo, por isso é preciso nosso empenho e atenção”, finalizou o deputado.

Aplicação em Saúde

O Estado está aplicando 18,89% em saúde, valor bem acima da obrigação Constitucional de 12%. Do orçamento inicial autorizado de R$1.567.091.090,00, foram empenhados R$534.423.443,18, valor que corresponde a 34,10%, sendo já pagos R$ 424.176.911,65, ou seja, 91,27% dos compromissos assumidos pela gestão estão sendo honrados, o que segundo Tollini “faz o serviço andar, os fornecedores e parceiros voltam a acreditar no Estado reduzindo os custos.

"Hoje, podemos dizer que a Secretaria está recebendo propostas e não cobranças como aconteceu nos últimos anos, os prestadores de serviços e fornecedores querem trabalhar com o Estado”, afirmou.

Estoques

Os estoques da rede hospitalar do Estado estão com 80,30% de medicamentos abastecidos, 80,50% de materiais, contando ainda com 632 itens de medicamentos e 842 itens de materiais padronizados que são utilizados na rede hospitalar, um trabalho que garante as melhores drogas e melhores insumos para o atendimento dos pacientes.

Deixe seu comentário:


senacGPSWRFarcom