Campanha Natal Cidade Encantada
Campanha: ENERGISA - WEB BANNER INSTITUCIONAL 2018
Facebook
23/11/2018 - 09h30m

EM PALMAS

SÃO MIGUEL: Dona Raimunda Quebradeira de Coco é homenageada na abertura da 1ª Mostra Saúde é Meu Lugar

Por meio de músicas, imagens e lembranças, participantes do evento conheceram um pouco mais da trajetória de Dona Raimunda (Foto: Agência Public)

 

Com homenagens à líder comunitária Raimunda Gomes da Silva, conhecida como Dona Raimunda quebradeira de coco, a 1ª Mostra de Vivências nos Territórios de Saúde do Tocantins foi aberta na manhã desta quinta-feira, 22, na sede da Escola Tocantinense do Sistema Único de Saúde Dr. Gismar Gomes (Etsus), em Palmas.

Com música, imagens e lembranças da trajetória da mulher guerreira que ficou conhecida por lutar pela valorização das quebradeiras de coco no Norte do Tocantins desde os anos 80, os participantes presentes no evento tiveram a oportunidade de conhecer mais um pouco da história do seu trabalho junto às extrativistas de coco babaçu dos estados do Pará, Tocantins, Maranhão e Piauí.

Em clima de mostrar e revelar histórias sobre experiências sociais em saúde nos territórios, representantes dos órgãos parceiros da mostra acompanharam também a apresentação teatral do grupo de Agentes de Saúde Comunitários da rede de Palmas e falaram da iniciativa na realização do evento e do trabalho valorização das ações que fortalecem o direito à Saúde e o Sistema Único de Saúde (SUS).

Para a presidente da Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (Fesp), Jaciela Leopoldino, que na solenidade também representou o secretário de Saúde de Palmas, Daniel Borini, a mostra é uma oportunidade especial e potencializadora para todos os trabalhadores do SUS que atuam na atenção primária em saúde. “A Fesp vem desenvolvendo vários projetos e conjunto de ações que visam incentivar os trabalhadores de toda a rede de atenção a adentrar e se sentir pertencente aos territórios de saúde. Neste sentido, possibilita identificar as necessidades, os problemas de saúde e propor intervenções e mudanças de práticas para transformação da realidade”, observa.

Caco Xavier, coordenador nacional do Projeto Saúde é Meu Lugar, aproveitou o momento para falar da honra em participar deste momento no Tocantins. “Eu conheço muitos trabalhos que os profissionais do Tocantins desenvolvem, e são trabalhos maravilhosos, de enfrentamento lá na ponta mesmo, lá nos territórios, exatamente aquilo que a gente tinha previsto, porque o nosso trabalho é fazer essa mediação e criar um dispositivo tecnológico para que as pessoas possam contar suas histórias, que não cabem nos trabalhos acadêmicos, nos relatórios de gestão. Histórias que elas vivenciam justamente no contato com a comunidade. É isso que a gente gostaria que fosse circulado. E é o que estamos prestigiando aqui hoje”, pontuou.

O coordenador da Mostra e responsável pelo Núcleo de Articulação da Educação Permanente em Saúde na Etsus, André Henrique Ribeiro, lembrou que todo o trabalho para efetivação da mostra exige muita articulação, diálogo, e convencimento das pessoas para que elas conheçam o projeto e depois de alguma forma se identificar para começarem contar suas histórias. É ação que necessita de várias mãos, pois abrange os 139 municípios do Estado”, explica, acrescentando a ousadia e inovação que o Tocantins vem realizando.

A Mostra

Foram mais de 120 histórias do Tocantins relatadas no site do projeto e algumas delas foram selecionadas e serão apresentadas na 1ª Mostra de Vivências nos Territórios. Oito experiências de trabalho na área de saúde de Palmas foram selecionadas para a Mostra e estão sendo exibidas durante o evento aberto ao público.

A Mostra faz parte do projeto Saúde é Meu Lugar, coordenado pela Fundação Oswaldo Cruz, com o apoio do Ministério da Saúde e que no Tocantins tem como mobilizadores a Etsus e a Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (Fesp).

O projeto Saúde é Meu Lugar é composto por três etapas: Mostra On-line, na qual as histórias são contadas na forma de textos, áudios, imagens ou vídeos, e publicadas nosite da mostra; Mostra Presencial, no mínimo uma em cada estado do País (no Tocantins acontece dia 22 de novembro), onde algumas histórias da Mostra On-line são apresentadas com o objetivo de disparar debates e discussões sobre a saúde nos territórios; e Mostra Permanente, na qual todas as histórias e outros produtos recolhidos, acolhidos e armazenados (em meios físicos ou digitais) permanecerão acessíveis a toda população brasileira no site da mostra e nas mídias.

Os visitantes podem conferir também exposição de painéis e banners sobre outros projetos e experiências postadas no site Saúde é Meu Lugar na forma de textos e imagens, e terá espaço reservado para apresentação de vídeos e áudios de projetos e experiências na saúde. 

Deixe seu comentário:

Araguatins Fest Music 2018Black Friday GPSWRGPS OABFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoGPSWELLBlog do Felipe de Sá