Facebook
10/04/2019 - 11h02m

'TEMO PELA MINHA FAMÍLIA'

SÃO BENTO: Vereador diz que filhos estão em pânico após casa ser alvo de tiros

Vereador Adelsim disse que filhos estão em pânico após casa ser alvo de tiros

O vereador Adelsim do Povo (PP) afirmou que a perícia realizada na casa dele encontrou vestígios de dez disparos de pistola. A casa do parlamentar foi alvo tiros na noite desta terça-feira (9) em São Bento do Tocantins. Ele afirma que os filhos estão em pânico e agora teme pela segurança da família. O suspeito de ter atirado é o prefeito da cidade, Ronaldo Parente (PSDB).

O atentado aconteceu após uma confusão entre o parlamentar e o prefeito em grupos de WhatsApp. Adelsim do Povo afirma que não tem uma relação boa com Ronaldo Parente porque é um vereador de oposição e faz cobranças para administração municipal.

O vereador afirma que um dos disparos quase atingiu a sogra dele, que estava na cozinha lavando louças. "Quando cheguei ele já tinha saído [o prefeito]. Graças a Deus não atingiu ninguém. Minha sogra estava lavando umas vasilhas e um dos tiros atingiu a parede a cerca de 20 centímetros dela. Tem balas nas paredes, no batente da porta, na cerâmica".

Os filhos de Adelsim do Povo, uma menina de três anos e um menino de sete, também estava na casa no momento do atentado. "Meus filhos ficaram desesperados. O menino correu na chuva para o quintal. Estão em situação de choque, em pânico. Estou com medo. Temo muito pelos filhos pela minha família".

Os tiros entraram por uma janela e também atingiram um armário de cozinha e a geladeira da casa.

A Delegacia Regional de Araguatins, responsável por São Bento do Tocantins, informou que um inquérito policial foi aberto. De acordo com o delegado regional Eduardo Artiaga, o advogado do prefeito prestou esclarecimentos. Também foi realizada perícia técnica na casa do parlamentar e Ronaldo Parente está sendo aguardado na delegacia para prestar depoimento.

Deixe seu comentário:



GPSWRFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoWELLBlog do Felipe de Sá