CAMPANHA BOLETO BANCÁRIO
Facebook
10/05/2019 - 17h06m

EM PALMAS

Quatro municípios do Bico participam de reunião sobre a pactuação do Plano de Economia Solidária

Com informações de Cláudio Duarte

O objetivo da reunião foi pactuar o Plano Estadual de Economia Solidária (Foto: Carlessandro Souza)

Visando buscar recursos de Chamada Pública, via emendas parlamentares, a Secretaria Estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social promoveu mais uma Reunião Ampliada com prefeitos, secretários municipais de assistência social, técnicos e coordenadores dos Centros de Referências de Assistência Social (CRAS) e Centros de Referências Especializados de Assistência Social (Creas) de vários municípios tocantinenses. O encontro foi na manhã desta quinta-feira, 9, na sala de reuniões da pasta. Do Bico do Papagaio, participaram da reunião os municípios de Araguatins, Darcinópolis, Sampaio e São Miguel.

O objetivo foi pactuar o Plano Estadual de Economia Solidária nas áreas de inclusão produtiva urbana e rural, qualificação, capacitação profissional, empreendedorismo, acesso aos serviços públicos e transferência condicionada de recursos provenientes dos Fundos Constitucionais.

O secretário estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social, Messias Araújo, enfatizou que para o êxito de uma gestão proveitosa é necessária a adição de novos parceiros técnicos com ações e serviços de interesse público. "As emendas entrarão diretamente nos recursos produtivos da área da agricultura familiar e capacitação profissional, e fortalecerão o empoderamento social e a emancipação das famílias, por meio da geração de trabalho, emprego e renda", explicou o secretário.

Aline Correia, é uma das participantes da Feira de Economia Solidária de Araguatins (Foto: Carlessandro Souza)

Araguatins, no Bico do Papagaio, apresentou aos participantes um vídeo com os pontos que foram cruciais para que a cidade se tornasse referência na execução da Feira de Economia Solidária. Aline Correia de Oliveira, que participa da feira e desenvolve um trabalho de mestrado na área de desenvolvimento rural falou sobre os resultados alcançados. "A feira veio suprir uma necessidade de produtores e compradores, e hoje é um ponto de encontro local. Mas o grande diferencial é mesmo o material humano, são pessoas que querem fazer a diferença em suas vidas e estão se esforçando para que tudo dê certo", argumentou.

A secretária municipal de Assistência Social de Colinas do Tocantins, Michele Rabelo, também falou sobre o trabalho desenvolvido em sua cidade. "Atualmente temos a casa Gerando Sonhos, que insere mulheres em situação de vulnerabilidade no mercado de trabalho. Buscamos a promoção, valorização, e inclusão delas, por meio de trabalhos de panificação, costura, artesanatos em 3D, bordados e automaquiagem", explanou.

Crixás do Tocantins, a cerca de 200 km da capital, ainda está dando os primeiros passos na área de projetos de geração de renda, mas os exemplos expostos durante o encontro deram novo ânimo ao prefeito Ivânio Machado Rocha que junto com sua equipe quer ter em breve o município que representa como modelo de inclusão produtiva no Estado.

Além de Araguatins, Darcinópolis, Sampaio e São Miguel, participaram também da reunião os municípios de Babaçulândia, Campos Lindos, Colinas do Tocantins, Crixás, Dueré, Gurupi, Jaú, Palmeirante ce São Salvador.

Deixe seu comentário:

GPSWRFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoWELLBlog do Felipe de Sá