FASEC
Campanha: ENERGISA - WEB BANNER INSTITUCIONAL 2018
Facebook
09/11/2018 - 11h16m

EM PALMAS

Polícia Civil participa de debates no 2° Seminário Internacional de Polícia Comunitária do Tocantins

Wherbert Araújo

Com a proposta de aliar as forças de segurança à rotina da comunidade, promovendo ações que visam o estabelecimento da ordem e da segurança, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), por meio da Polícia Civil, participou nessa quinta-feira, 8, em Palmas, das programações do 2° Seminário Internacional de Polícia Comunitária do Estado do Tocantins.

Contando com parcerias da Polícia Militar e da SSP e com palestrantes do Japão, Chile e Brasil, o evento destinou capacitar e discutir a instigação das práticas e ações preventivas, além do estímulo a uma participação social consolidada numa gestão de parceria entre comunidade, forças de segurança pública e poder público municipal.

Durante a programação, o subsecretário de Estado da Segurança Pública, Wlademir Costa Oliveira, mediou debates relacionados à atuação do efetivo policial na promoção da paz e da tranquilidade da sociedade tocantinense. “Buscamos estar próximos da comunidade, para que ela nos auxilie na elucidação de investigações como também na repressão à criminalidade”, afirmou.

Saiba Mais

A Polícia Comunitária é uma filosofia e uma estratégia organizacional que proporciona uma parceria entre a população e a polícia, baseada na premissa de que tanto a polícia quanto a comunidade devem trabalhar juntas para identificar, priorizar e resolver problemas contemporâneos, como crimes, drogas, medos, desordens físicas, morais e até mesmo a decadência dos bairros, com o objetivo de melhorar a qualidade geral de vida na área.

No Tocantins, o Programa de Polícia Comunitária foi lançado em Palmas, em 19 de janeiro de 2001. Desde 2002, os trabalhos de Polícia Comunitária se expandiram no Estado, com a criação de bases comunitárias fixas e dos Conselhos Comunitários de Segurança em diversas cidades tocantinenses, com destaque para Araguaína, Palmas e Porto Nacional. 

O Seminário Internacional de Segurança Pública surgiu após um Acordo de Cooperação Técnica em 2015 entre o Estado do Tocantins, a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e a Japan Internacional Cooperation Agency (Jica), propondo difundir e aplicar a experiência japonesa no policiamento comunitário tocantinense.

Deixe seu comentário:

Araguatins Fest Music 2018WRGPS OABFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoGPSWELLBlog do Felipe de Sá