Campanha PRESENÇA DIGITAL -AGOSTO
Facebook
15/05/2019 - 20h36m

REALIZADA NO BRASIL E EM PORTUGAL

Pesquisa da mestranda da UFT Gabriela Melo, estuda o diálogo do ensino universitário com o mercado de trabalho

Com informações da Ascom / UFT

Mestranda da UFT, Gabriela Melo

A pesquisa intitulada “Ensino e Atuação dos Jornalistas na Região Norte do Brasil e em Portugal” da mestranda Gabriela Melo, do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Sociedade (PPGCom), da Universidade Federal do Tocantins (UFT) busca verificar como o ensino corresponde ao que é exigido pelo mercado de trabalho ou à própria continuidade da ciência.

A pesquisa tem me enriquecido pessoalmente e profissionalmente. Tem sido possível enxergar as cargas de responsabilidade do estudante, do profissional, da universidade e do próprio mercado. Tenho conhecido outras realidades, outra cultura de ensino, as similaridades e diferenças, e visto os prazeres e sofrimentos da profissão além do contexto local”, ressalta Gabriela.

Após entrevistar ex-alunos da UFT e da Universidade de Coimbra (UC) em Portugal, a pesquisadora tem feito análises que podem contribuir não só com os cursos de Jornalismo, mas com o repensar de outros cursos universitários. A mestranda destaca que o tema também é importante para o desenvolvimento do mercado e da economia como atividade fim.

A necessidade de inserção no mercado de trabalho vai além da subsistência, inclui realização pessoal e, se bem desenvolvido, um trabalho capaz de contribuir com o desenvolvimento social em cada setor, consequentemente, com a economia. A pesquisa levanta a discussão da efetividade do ensino e as responsabilidades envoltas à profissão, permitindo uma discussão e o repensar dos rumos tomados pela academia”, afirma.

A pesquisa recebeu apoio por meio de bolsa concedida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Deixe seu comentário:


senacGPSWRFarcom