Facebook
29/08/2018 - 17h41m

PARAUAPEBAS-PA

Pedreiro é executado a tiros enquanto 'mexia' no celular em Parauapebas

Caetano Sillva

O pedreiro Luís Nonato foi executado poucos minutos após chegar no local de trabalho

O pedreiro Luis Nonato dos Santos, 49 anos de idade, foi executado com quatro tiros disparados por dois indivíduos usando capacetes amarelo em uma moto Bros preta. O crime aconteceu por volta das 07h30, da manhã desta terça-feira, 28, na rua Belém 489 com a rua 10, bairro Primavera, Parauapebas-PA.

Conforme informações apuradas pela reportagem, a vítima havia acabado de chegar no local para trabalhar. Ele sentou em uma mureta na frente da casa e mexia no celular, instante em que a dupla chegou e efetuou os disparos fatais.

Luís Nonato foi morto com quatro tiros

Luis Nonato residia na rua 8, Chácara do Cacau, bairro Primavera. A filha da vítima se desesperou ao saber da execução do pai: “Meu Deus, mataram meu pai”, gritava a criança.

Deixe seu comentário:


senacGPSWRFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoWELLBlog do Felipe de Sá