Campanha PRESENÇA DIGITAL -AGOSTO
Facebook
19/06/2018 - 09h37m

CRIME PASSIONAL

Pará: Adolescente grávida de três meses é morta com tiros na cabeça e pescoço

Com informações de Caetano Silva

A moça foi alvejada na cabeça e pescoço vindo a óbito no local

A jovem Patrícia Costa Silva, 17 anos de idade, estava grávida de três meses quando foi assassinada por volta das 23h30, de domingo, 17, em Parauapebas-PA. A morte da adolescente se deu depois de ter levado dois tiros na região da cabeça e pescoço. A suspeita é de que o crime tenha sido passional.

A vítima era natural de Bom Jardim-MA e residia na Rua Nova, nº53, no morro do Bairro Liberdade II, em Parauapebas, com seu esposo também menor de idade, suspeito de ser o autor dos disparos. De acordo com informações obtidas no local, o casal era usuário de drogas.

Segundo o tenente PM Freitas, durante o levantamento preliminar realizado no local, suspeita-se de que o ocorrido trata-se de um crime passional. "O dois jovens moravam juntos. O suspeito tem 16 anos de idade e a vítima 17. Segundo informações, o rapaz que morava com a moça há apenas 07 meses efetuou alguns disparos depois de uma briga entre o casal, que veio atingir a cabeça da jovem e outro, a região do pescoço", ressaltou o policial, acrescentando que após o crime foi realizado buscar na área na tentativa de localizar o adolescente.

Ainda segundo o tenente Freitas, logo após o crime, a mãe do acusado que também era sogra da vítima chegou ao local. A mesma foi conduzida para delegacia para prestar depoimento sobre o caso.

“O pai da moça contou que ela estava grávida de aproximadamente de três meses”, frisou o PM, ressaltando que naquele local ocorreu um duplo homicídio uma vez que, Patrícia Costa estava grávida. “Agora cabe a Polícia Civil investigar”, disse.

Patrícia Costa Silva, 17 anos, em vida

“Infelizmente a lei do silêncio prevalece em casos como esses, mas a população pode nos ajudar e denunciar através do Disque Denúncia da Polícia Militar e colaborar, para que o acusado seja responsabilizar pelo crime que cometeu", finalizou.

No local, vizinhos contaram para a polícia que minutos antes do crime vítima e o suspeito discutiam e logo em seguida se ouviu alguns disparos de arma de fogo, em ato continuo o companheiro da vítima foi visto deixando o local do crime. Vizinhos contaram em off para a reportagem que o casal brigava muito, mas ninguém soube precisar o teor da discussão.

De acordo com mais informações colhidas na vizinhança, o casal estaria envolvido com o tráfico de entorpecentes e que o adolescente, suspeito do crime, havia sido apreendido pela PM e sido apresentado na delegacia pelo crime de recepção de moto roubada. Até o fechamento desse material a polícia ainda não havia localizado o paradeiro do assassino.

Deixe seu comentário:


senacGPSWRFarcom