Campanha PRESENÇA DIGITAL -AGOSTO
Facebook
02/09/2019 - 16h53m

PRAZO

Municípios têm até 13 de setembro para realizarem conferência de Assistência Social

Cláudio Duarte / Fotos: Carlessandro Souza

A Setas participa prestando apoio técnico na realização destes eventos

As Conferências Municipais de Assistência Social são espaços democráticos de debate coletivo que oportunizam a participação social, as discussões e avaliações das ações governamentais, bem como a deliberação das diretrizes relacionadas à política de Assistência Social. Essas conferências estão acontecendo nos municípios tocantinenses desde a primeira quinzena de agosto e prosseguem até o dia 13 de setembro. A Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) participa prestando apoio técnico na realização destes eventos.

Aurora Moraes, assistente social da Gerência do SUAS

A assistente social da Gerência do SUAS na Setas, Aurora Moraes dos Santos, falou sobre a importância da realização dessas conferências em todos os municípios tocantinenses. “As conferências têm por finalidade avaliar em qual momento o Sistema Único de Assistência Social se encontra; e todos os trabalhadores e beneficiários desses serviços podem e devem participar, já que o controle social, nesse caso, é pautado no evento dessas conferências”, afirmou.

Nesta semana as conferencias acontecem em Wanderlândia, Ananás, Luzinópolis, Nazaré, Babaçulândia, Dianópolis, Monte do Carmo e Ipueiras. Na ocasião, entre outras demandas, são escolhidos os membros que participarão das Conferências Estaduais, momento em que serão escolhidos os delegados que representarão o Tocantins na Conferência Nacional.

Wanderlândia

A conferência, em Wanderlândia, aconteceu na manhã desta segunda-feira, 2, na Câmara Municipal, e contou com a presença de conselheiros municipais, Ministério Público, representante dos usuários, e diversos setores da sociedade; com destaque para o grande número de idosos presentes.

Representante do Ministério Público, Willian Clementino

O representante do Ministério Público, Willian Clementino, falou sobre a importância da participação popular no evento. “A perspectiva é construir uma política pública que vá ao encontro dos anseios da população local”, ressaltou ele.

Conselheira estadual de Assistência Social, Maria de Lourdes Rodrigues dos Santos

A conselheira estadual de Assistência Social, Maria de Lourdes Rodrigues dos Santos, falou da importância de cada segmento pautar suas necessidades. “As conferências têm caráter de participação social e a comunidade precisa estar mobilizada para dizer quais são suas reais necessidades; já que é por meio dessas propostas que os gestores elaboram seus planos de ação”, afirmou ela.

Presidente do Conselho Municipal dos Idosos de Wanderlândia, Francisco das Chagas Garcia

O presidente do Conselho Municipal dos Idosos de Wanderlândia, Francisco das Chagas Garcia, falou que a participação de todos é de grande importância. “Se não participamos, não podemos depois reclamar que as políticas não atendem nossas necessidades”, disse ele.

Conferências Estadual e Nacional

A 12ª Conferência Estadual Popular Democrática de Assistência Social acontece dia 15 de outubro, em Palmas; já a Conferência Nacional Democrática de Assistência Social, acontecerá em novembro, em Brasília e terá como tema “Assistência social: direito do povo, com financiamento público e participação social”.

Deixe seu comentário:


senacGPSWRFarcom