Facebook
07/02/2019 - 22h08m

CALOUROS

Matrículas de aprovados no Vestibular 2019/1 da UFT ocorrem nesta quinta e sexta

Ascom / UFT

A manhã desta quinta-feira (07) foi movimentada nos câmpus da Universidade Federal do Tocantins (UFT). Isso porque centenas de novos alunos passaram pela Universidade para realizarem suas matrículas e garantir uma vaga na instituição. As matrículas dos aprovados no Vestibular 2019/1 estão sendo realizadas nesta quinta (7) e sexta-feira (8) conforme convocatória divulgada pela Comissão Permanente de Seleção (Copese).

A lista de documentos necessários para realizar a matrícula está disponível aqui.

Conheça alguns calouros

Luiz Cláudio Santana Duarte tem 54 anos, é formado em Jornalismo pela UFT, mas agora, depois de alcançar estabilidade, resolveu ir atrás de um sonho antigo: fazer o curso de Artes/Teatro. “Quero aproveitar ao máximo o curso, pois ele não é mais uma necessidade em relação ao trabalho, mas pessoal”, ponderou ele.

Entre os calouros que passaram pelas salas de matrícula há um consenso: alegria de ser aprovado e expectativas altas para uma nova página de suas vidas. E toda essa alegria não vem apenas dos aprovados, mas de muitos pais orgulhosos que estavam acompanhando seus filhos. A exemplo de Presley Cruz Nunes, que levou sua filha Priscilla Nunes para se matricular no curso de Arquitetura e Urbanismo. “É uma alegria muito grande, a gente se sente orgulhoso e com a sensação de dever cumprido por oferecer aos nossos filhos o melhor. Foi a primeira vez que ela fez o Vestibular e passou!”, comemorou o pai.

O senhor Antônio José de Araújo também estava muito feliz com aprovação de seu filho -  Maurício Oliveira  - no curso de Ciências da Computação. Maurício nasceu em Palmas, mas estava morando no Piauí com o pai há cinco anos. Com a aprovação na UFT ele vai voltar para a capital e não vem sozinho: “É um prazer que o filho dá pra gente e por isso a gente faz um esforço pra acompanhar, vou me mudar pra Palmas”, garantiu o pai orgulhoso.

Frederico – o pai – acompanhou atento Frederico Filho se matricular no curso de Medicina em Araguaína. A família, que não teria condições de pagar uma universidade particular para o filho, comemora a aprovação.

Andréa e Manoel andavam ansiosos e nervosos junto com o filho Gabriel de Lima Rocha, que desde 2015 tem tentado passar no curso de Medicina. Gabriel chegou a tentar outros cursos, fez um semestre de Engenharia Civil na própria UFT, mas trancou e voltou para o cursinho em busca do seu sonho. “Agora eu consegui, eu passei! O curso é bom, a Universidade é boa e as expectativas são altas”, afirmou o futuro estudante da UFT.

E não é só de pais orgulhosos que se faz a história dos calouros da UFT, há também solidariedade. Victor Manoel é de Belém, no Pará, tentava vestibular há dois anos e agora passou para o curso de Arquitetura e Urbanismo na UFT. Ele estava perdido, não conhecia a cidade, não tinha onde ficar, mas seus problemas foram sanados com a ajuda de Romana Nogueira, acadêmica do 5º período de Nutrição, na UFT. Os dois se conheceram pela internet, são da mesma cidade e ela resolveu ajudá-lo no processo de se adequar à nova realidade e efetivar sua matrícula. “Essa ajuda é um grande passo. Estava aqui do zero, sem moradia, sem saber como chegar na faculdade e ela me acudiu”, desabafou ele, agradecido.

Quem também não desistiu de um antigo sonho foi Jucilvan Pinheiro da Rocha, que com 39 anos foi aprovado para o curso de Engenharia Civil. Ele já é formado como tecnólogo de Agronegócio, mas seu sonho sempre foi fazer Engenharia: “Sempre batalhei por isso e agora consegui ingressar”.

Conheça quem são os novos calouros da UFT

Não foi aprovado dessa vez? Saiba tudo sobre o Vestibular 2019/2

Deixe seu comentário:

Carnaval de GurupiGPSWRFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoWELL