Campanha Natal Cidade Encantada
Campanha: ENERGISA - WEB BANNER INSTITUCIONAL 2018
Facebook
25/10/2018 - 00h44m

TRÂNSITO

Malha viária tocantinense vai receber classificação de acordo com nível de segurança

Redação

Classificação será elaborada de acordo com as condições de segurança levantadas de 100 em 100 metros (Foto: Aldemar Ribeiro)

A malha rodoviária tocantinense pavimentada vai passar por avaliação de segurança viária. Rodovias estaduais pavimentadas receberão uma classificação de 1 a 5 por estrelas, sendo que 3 estrelas significará uma rodovia com o mínimo de segurança para o tráfego voltada para os quatro tipos de usuários. Os tipos de usuários são: veículos, motociclistas, pedestres e ciclistas. A classificação será elaborada de acordo com as condições de segurança levantadas de 100 em 100 metros.

O objetivo principal é a redução de acidentes, um levantamento dos impactos socioeconômicos causados por eles, e a elaboração de um Plano de Investimentos com vistas a implantação de melhorias nas rodovias estaduais. Para isso, o Governo do Estado, por meio da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), está adotando uma tecnologia pioneira no Brasil voltada à segurança das rodovias.

O Consórcio Dynatest TIS RACC que fará a avaliação já assinou o contrato com a Ageto. O Consórcio é composto por uma empresa brasileira, uma portuguesa e outra espanhola, com “expertise” em segurança viária em toda a Europa. Os estados do Rio Grande do Sul e Tocantins são pioneiros nessa contratação. A primeira reunião após a assinatura do contrato ocorreu nesta terça-feira, 23, entre os técnicos da Ageto e do Consórcio para a apresentação do cronograma de trabalho.

Avaliação

A primeira etapa do contrato será a avaliação das rodovias por meio de um programa chamado iRAP, sigla em inglês para International Road Assessment Programmet. Conhecido em português como Programa Internacional de Avaliação de Rodovias, o recurso capta os dados por meio de um veículo de inspeção. Esse automóvel é capaz de obter imagens georreferenciadas em 360 graus. As informações geram um arquivo do iRAP contendo todos os atributos da rodovia, que permitem classificá-la por estrelas e servem como base para a elaboração do Plano de Investimentos para Rodovias mais seguras.

A avaliação rodoviária também será feita por meio de no mínimo 62 atributos a cada 100 metros de cada rodovia, considerando os 4 tipos de usuários. Entre eles, estão as condições do pavimento e do acostamento, a vegetação da região, largura da pista, acessos e travessias de pedestre.

O veículo do iRAP estará circulando nas rodovias estaduais a partir de novembro. “Receberemos relatórios durante o trabalho e no final teremos um Plano de Investimentos que visa a combater os pontos críticos e salvar vidas”, explica a diretora de segurança rodoviária da Ageto, Lúcia Leiko T. M. Garcia.

A partir dessas informações, serão identificadas as áreas de risco e projetadas soluções para aumentar a segurança dos usuários. A contratação do programa foi proposta pelo Banco Mundial (Bird) como parte de seu projeto de financiamento para melhorar as condições da malha rodoviária do estado.

Segundo a engenheira civil Paloma Fialho, representante do Consórcio, ainda neste ano, as primeiras informações técnicas estarão disponíveis aos engenheiros da Ageto que poderão dar início à avaliação de quais rodovias mais necessitarão de intervenções.

Deixe seu comentário:

Araguatins Fest Music 2018Black Friday GPSWRGPS OABFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoGPSWELLBlog do Felipe de Sá