Campanha PRESENÇA DIGITAL -AGOSTO
Facebook
25/03/2019 - 14h22m

PALMAS

Mais de 900 residências foram visitadas durante Mobilização Social para o combate ao Aedes na região norte da capital

Com informações da Secom Palmas

Mais de 900 residências foram visitadas durante Mobilização Social para o combate ao Aedes na região Norte de Palmas

Com o apoio de várias pastas do Executivo Municipal e da comunidade mais de 900 residências receberam a visita das equipes de saúde que atuam no controle e combate ao Aedes aegypti. A mobilização aconteceu na região Norte da Capital abrangendo as quadras Arno 43, Arno 44 e Arno 72.

Foram encontrados 29 focos e eliminados 289 depósitos de água acumulada. “Infelizmente ainda encontramos muitas casas fechadas, foram mais de 350, a comunidade precisa nos ajudar. Em muitos casos os agentes de combate a endemias passam nas residências e não tem ninguém para recebê-los e a comunidade até pensa que o profissional não passou. Por isso é importante que os moradores tenham essa consciência de manter o quintal sempre livre de locais que possam se tornar possíveis criadouros do mosquito”, explicou a coordenadora de controle Vetorial, Lara Betânia Melo.

O número de notificações para dengue começa a diminuir na Capital, a maior quantidade foi registrada na sexta semana, 844 casos no total; já na décima semana, foram 564 notificações para dengue. De janeiro até agora foram notificados 6.537 casos de dengue e confirmados 2.132; 397 notificações de chikungunya, sendo dois confirmados; e 702 notificações de zika, sendo confirmado apenas um caso.

Parceiros

A ação contra o Aedes é desenvolvida por equipes compostas por agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias e conta com as parcerias das secretarias municipais de Saúde (Semus), da Educação (Semed), de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp), de Desenvolvimento Urbano, Regularização Fundiária e Serviços Regionais (Sedurf), de Desenvolvimento Social (Sedes) e da Comunicação (Secom), e também da Fundação de Meio Ambiente, Defesa Civil, Guarda Metropolitana e Associação de Moradores.

Deixe seu comentário:


senacGPSWRFarcom