Aleto - CAMPANHA INSTITUCIONAL DEZEMBRO
BRK AMBIENTAL/Campanha: Site Tocantins 2021 -Dezembro/Janeiro
Facebook
18/10/2021 - 10h16m

OUTUBRO ROSA

Liga da Saúde da Mulher leva informação e exames para mulheres de comunidade rural em Augustinópolis

O grupo de dez mulheres passou por exames de prevenção e teste rápido para detecção de sífilis.

Foi no auditório da Unidade de Saúde da Família V, do Povoado Vila 16, em Augustinópolis, que dez mulheres participaram de mais uma ação da Liga Acadêmica de Enfermagem em Saúde da Mulher (LAESM). A liga é vinculada ao curso de Enfermagem/Câmpus Augustinópolis da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins). O encontro ocorreu na última sexta-feira, 15, com o objetivo de levar informação e prevenção para a comunidade feminina da zona rural.

O grupo participou de uma roda de conversa em que assuntos como câncer de mama e câncer de colo do útero foram discutidos, em alusão ao Outubro Rosa, campanha nacional de conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce dessas doenças. As mulheres que estavam no local também receberam informações sobre a sífilis, uma infecção sexualmente transmissível.

Após a conversa de orientação, as participantes da ação passaram por exames preventivos, como o Papanicolau, e teste rápido de sífilis. A programação foi realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Augustinópolis e o Laboratório Baruch, que fez a doação de 15 exames preventivos do câncer do colo do útero.

A população feminina dessa comunidade é mais velha. São mulheres que não tiveram acesso a ações educativas de saúde da mulher quando eram mais novas. Havia mulheres que nunca tinham feito um teste rápido de sífilis. Uma das senhoras que participou relatou que não teve acesso a ações dessa natureza na sua juventude e que, se tivesse de novo 20 anos de idade, faria tudo diferente”, conta a diretora geral da LAESM, Wyttória Régia Neves, estudante do 10º período de Enfermagem.

Estimativa de novos casos de câncer no Tocantins

Os cânceres de mama e do colo do útero são os mais frequentes entre as brasileiras, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). A entidade projetou que até o final do ano de 2021 terão surgido 290 novos casos do câncer de mama entre as mulheres do Tocantins e 220 novos casos de câncer do colo do útero entre as tocantinenses.

Os números apontam que a incidência de novos casos pode atingir taxas de 36,64 e 27,90 a cada 100 mil habitantes do estado em relação a câncer de mama e câncer de colo do útero, respectivamente.

LAESM

A Liga Acadêmica de Enfermagem em Saúde da Mulher (LAESM) foi fundada em outubro de 2020 e, hoje, conta com a colaboração de 26 membros entre ligantes, professores orientadores, coordenação, diretoria e voluntários. O trabalho é coordenado pela professa Catilena Pereira, do curso de Enfermagem.

O grupo foi fundado com o objetivo de aprofundar os estudos sobre Saúde da Mulher, além de produzir pesquisas científicas e promover ações como essa para alcançar a população externa.

Os dados sobre novos casos podem ser consultados no site do Instituto Nacional do Câncer (INCA) na aba “Números do Câncer”. A estimativa projetada para 2020 vale por dois anos.

Deixe seu comentário:

SENAC TO Campanha: SENAC SETEMBRO 2021ClésioClínica AndréAvecomA Fonte das LetrasGPS