Facebook
22/01/2019 - 11h15m

SAÚDE

Governo realiza melhorias estruturais na Central de Armazenamento e Distribuição Estadual de Imunobiológicos

Redação

Obra orçada em R$1.362.580,88 é o resultado de constante esforços no sentido promover construções, ampliações e adequações necessárias aos serviços de saúde

 

O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Saúde (SES), realiza obra de reforma e adequação da Central de Armazenamento e Distribuição Estadual  de Imunobiológicos - Rede Frio, em Palmas. A obra orçada em R$1.362.580,88 é o resultado de constante esforços no sentido de promover construções, ampliações e adequações necessárias aos serviços de saúde. Os recursos são oriundos de repasse federal e contrapartida do Governo do Estado.

Central Estadual em Palmas contará com um novo local, com espaço ampliado para a câmara fria e refrigerada que armazenam as vacinas, soros e imunoglobulinas

A Central  Estadual  de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos em Palmas contará com um novo local, com espaço ampliado para a câmara fria e refrigerada  que armazenam as vacinas, soros e imunoglobulinas que são distribuídas para todo o Estado. Em uma área de mais de 1.400 metros quadrados estão previstas, de acordo com o setor da Engenharia da Secretaria, reformas em pisos, revestimento, forro, divisórias, cobertura, instalações elétricas, hidráulica, banheiros e demais dependências.

A câmara fria é o local que permitem uma cadeia de frio eficiente, que compreende o armazenamento, conservação, distribuição, transporte e manipulação das vacinas, dando maior precisão no ajuste da temperatura, garantindo assim a manutenção dos produtos em condições adequadas de conservação.

As cidades de Gurupi e Araguaína também serão contempladas com investimentos para a construção dos prédios da Central Regional de  Armazenamento Distribuição de Imunobiológicos nestas cidades, ambos com área de 447 metros quadrados, estando na fase de licitação.

Para a enfermeira responsável pelo setor de Imunização da SES, Rosângela Guimarães, a obra irá fortalecer o serviço e vem melhorar a estrutura, com espaço maior, dando suporte no fluxo de acordo com as normativas do Ministério da Saúde. “A nova estrutura irá melhorar a capacidade instalada, pois os imunobiológicos são produtos termolábeis, ou seja, são produtos que podem se alterar ou se transformar quando expostos a variações da temperatura, razão pela qual é indispensável mantê-los em condições capazes de preservar as características de produção até o momento da aplicação na população alvo, de modo a garantir a proteção preconizada. Para tanto, é fundamental uma rede de frio estruturada desde o laboratório produtor até a sala de vacinação”, destacou.

Deixe seu comentário:

Carnaval de GurupiGPSWRFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoWELL