Basa campanha: MERCADOLÓGICA
teste
BRK AMBIENTAL/Campanha: Site Tocantins 2022 -Maio/Junho
Facebook
26/04/2013 - 15h17m

Governo garante revitalização de ribeirão em Araguatins

Redação

      O Governo do Tocantins dá início neste mês de abril ao projeto de revitalização do ribeirão Taquari, em Araguatins, norte do Estado. O anúncio foi feito pelo presidente da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), Edmundo Galdino, durante sessão do Parlamento Popular no município. A primeira etapa do projeto consiste na realização do diagnóstico sócio ambiental do ribeirão Taquari e seus afluentes.

      Para o presidente da ATS, o diagnóstico será de suma importância para orientar a implantação do projeto, que servirá de base para elaboração do projeto executivo, visando não apenas a revitalização do manancial, mas garantir que Araguatins continue sendo servida por água de qualidade, uma vez que 100% da água vem desta fonte. E com a novidade de que a população ribeirinha que se adaptar será incluída no projeto Produtor de Água.

      A área do ribeirão Taquari, em Araguatins, foi estabelecida como área de proteção ambiental pela Lei nº 806/2002 de 20/12/2002, que determina o uso dos recursos naturais da região de forma sustentável.

      “Junto com o projeto de revitalização o Governo garante também a construção do Parque Araguatins, oferecendo um espaço de lazer e cultura para a nossa juventude” disse o presidente durante a sessão, reforçando que a revitalização do ribeirão é parte de um projeto maior.

Repercussão
       O deputado José Bonifácio lembrou que a ATS tem apenas dois anos, mas já se destaca na elaboração de projetos e captação de recursos. Para o deputado, a consolidação do projeto de revitalização do ribeirão Taquari confirma a importância estratégica desta agência para o governo, que adotou o saneamento como uma das prioridades.

As etapas do Projeto

A recuperação da bacia do ribeirão Taquari será dividia em duas macro etapas. Sendo elas:
1) Diagnóstico situacional
2) Recuperação e obras de infraestrutura

Caracterização Socioeconômica
 Nesta etapa, o objetivo é coletar informações que subsidiarão a elaboração de programas e políticas de assistência, alicerçadas no desenvolvimento sustentável.
 Preenchimento de formulário com as seguintes informações:
 Proprietário;
 Área da propriedade;
Aptidão agrícola;
 Fonte de renda dos moradores;
 E outros dados.
Diagnóstico
 Obter a dados que possam validar a situação da bacia, buscando identificar os seguintes aspectos:
 Áreas prioritárias para conservação;
 Áreas prioritárias para recuperação;
 Condição das estradas, pontes e etc.

Deixe seu comentário:

SenarcolcciClésioShop do BicoClínica AndréPraia do Pedral de PalmeirasAvecomA Fonte das LetrasGPS