Facebook
14/05/2018 - 18h25m

ENERGISA

Energisa tem bons resultados mesmo com período de chuvas e raios mais intenso

Comunicação Energisa - ETO

O Tocantins é o estado com maior densidade de quedas de raios no país, segundo aponta levantamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).  No estado caem 17,1 raios por quilômetro quadrado ao ano. Ainda conforme o Inpe, essas descargas atmosféricas são responsáveis por cerca de 70% dos desligamentos das linhas de transmissão e 40% na distribuição de energia elétrica, além da queima de um número considerável de transformadores de distribuição. Soma-se a isto que o período de chuvas e descargas atmosféricas foi ainda mais agressivo nos primeiros quatro meses deste ano em relação a 2017, com chuvas e raios 18% e 73% mais intensos.

Mesmo neste cenário a Energisa apresentou redução de 22% do DEC (duração da interrupção de energia) e 24% do FEC (frequência da interrupção de energia) na comparação com o 1º quadrimestre de 2017, o que significa que o tempo de resposta às ocorrências foi mais rápido e o cliente ficou menos tempo sem energia. Estes avanços contínuos dos indicadores de qualidade levaram a Energisa Tocantins a conquistar a maior evolução do Brasil no último Ranking nacional de Qualidade da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), ao lado da Energisa Minas Gerais.

Os números são reflexo de investimentos realizados pela empresa para enfrentar as emergências e atenuar os transtornos provocados pelos temporais. A Energisa investiu R$ 220 milhões na manutenção da rede de energia e automação do sistema (redes inteligentes) até setembro do ano passado. A concessionária conta ainda com um plano de contingência para manter suas equipes mobilizadas para o atendimento das ocorrências emergenciais provocadas pelos temporais, com cerca de 300 equipes, além de canais de comunicação com os clientes por meio de atendimento presencial, internet, aplicativo de celular Energisa On, telefone e comunicação escrita.

Redes inteligentes

A empresa também intensificou o investimento em redes inteligentes, sistema capaz de detectar, isolar e se recompor automaticamente após a ocorrência de uma falha, dando uma resposta mais rápida para o cliente. Os alimentadores e equipamentos de manobra e proteção instalados permitem a transferência automática de carga. Em caso de problema que atinja os circuitos que atendem a região, rápidas manobras realizadas automaticamente pelo Centro de Operação podem fornecer energia ao local por outro alimentador, garantindo mais rapidez na recomposição do serviço.

A Energisa tem trabalhado fortemente para que seus indicadores de qualidade e serviços melhorem para alcançar uma satisfação maior dos clientes. Os investimentos são contínuos e em 2018 muitas obras e manutenções continuarão sendo realizadas para o que a qualidade do serviço prestado seja cada vez melhor, gerando maior conforto e confiabilidade aos nossos clientes e maior segurança ao sistema de distribuição de energia do Estado de Tocantins.

Deixe seu comentário:

WRGPS OABFarcomSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoGPSWELLBlog do Felipe de Sá