BANCO DA AMAZÔNIA campanha mercadológica
Facebook
24/09/2019 - 22h42m

EVENTO DO TJ-TO

Em Augustinópolis, alunos do Colégio Manoel Vicente de Souza conhecem o Projeto Justiça Cidadã

Os alunos do Colégio Estadual Manoel Vicente de Souza tiveram um dia diferente nesta terça-feira, 24, com a chegada do Projeto Justiça ao município de Augustinópolis.

A programação teve início com palestra sobre prevenção e os perigos do uso de drogas. A sargento Elisandra, da equipe do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), realizou um bate-papo com os alunos que terminou com música e a presença sempre alegre do mascote Daren. Em seguida, o investigador Odelino Fonseca, especialista em crimes cibernéticos, falou sobre o uso das redes sociais com responsabilidade e trouxe importantes informações sobre os crimes que podem ser cometidos pela internet, assunto que chamou bastante a atenção da comunidade escolar.

A rede de proteção à criança e ao adolescente foi outro assunto abordado durante o evento. Representantes do sistema de Justiça explicaram sobre a atuação de cada órgão e responderam a várias perguntas dos alunos. Participaram da roda de conversa o juiz da Comarca de Augustinópolis, Jefferson David Azevedo Ramos; a promotora de justiça Ruth Araújo Viana; a defensora pública Sônia Barbosa; o advogado Elto Abreu da Silva; o delegado de Polícia Civil Thiago Bustorff; e o coronel da Polícia Militar W. Costa.

Cidadania e Justiça

Com o tema Cidadania e Justiça, os estudantes Colégio Estadual Manoel Vicente de Souza participaram de um concurso de redação promovido pelo Tribunal de Justiça.

Os vencedores foram conhecidos e premiados durante o evento. Antônia Vitória Araújo Santos Ribeiro conquistou o primeiro lugar; Cauã de Santana Vargas e Ákila dos Santos Silva ficaram com o segundo e terceiro lugares, respectivamente. Eles foram orientados pelos professores Cláudia Ricelle e Jorge Luís Paiva.

Antônia, de 17 anos, disse que achou muito importante o tema da redação, pois ajudou a aproximar o Poder Judiciário da sociedade. “O tema Cidadania e Justiça alertou os jovens e nos ajudou a compreender e a espalhar o assunto por aí, porque esclareceu diversas dúvidas e contribuiu com nosso desenvolvimento e com a comunidade”, ressaltou a ganhadora.

Deixe seu comentário:

ENERGISA   Campanha: PRESENÇA DIGITAL SETEMBROCampanha INSTITUCIONAL - OUTUBRO   assembleiasenacGPSFARCOMWR