Facebook
27/09/2018 - 16h21m

ACORDO JUDICIAL

Demandas dos professores de Palmas sobre a greve são atendidas após tentativas de acordo

Assessoria de imprensa do vereador professor Júnior Geo

O vereador professor Júnior Geo recebeu a notícia de um representante do Executivo de que os problemas causados pela gestão anterior serão solucionados

 

Após cobrar soluções aos problemas causados pela gestão anterior do município, o vereador Professor Júnior Geo (PROS) recebeu o retorno do secretário de Governo e Relações Institucionais de Palmas, César Guimarães, nesta quarta-feira, 26, com a notícia de que, finalmente, o Executivo concedeu os direitos dos professores por meio de um acordo judicial. Estiveram presentes durante o acordo, membros do Ministério Público Estadual, do judiciário do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet) e do próprio Executivo.

Segundo o secretário, as demandas que foram atendidas são referentes ao abono das faltas, ao pagamento dos dias repostos após a greve e à retificação do lançamento das horas extras. O prazo para que essas questões sejam efetivadas é de 30 dias após a homologação do acordo.

Para Geo, esse acordo é reflexo da luta dos professores para a conquista dos seus direitos. “O diálogo com os servidores é fundamental para que reconheçamos o governo com dignidade e respeito. A valorização do trabalho de um educador é refletida em uma sociedade consciente e com mais oportunidades”, destaca o parlamentar.

Tentativa anterior

O Professor Júnior Geo havia se reunido com a atual gestão e o Sintet no dia 26 de junho em busca de um acordo para o cumprimento dos direitos dos servidores da educação que foram repreendidos pela gestão anterior após a greve de 2017.

Deixe seu comentário:

Cabaré do BregaBlack Friday GPSWRGPS OABFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoGPSWELL