Campanha PRESENÇA DIGITAL -AGOSTO
Facebook
20/08/2019 - 09h27m

SAÚDE

Défice de vitamina D: Esteja atento a estes três sintomas supreendentes

Os sinais de carência de vitamina D incluem desânimo, dores nos ossos e fraqueza muscular, mas também é importante estar a par de outros sintomas inusitados e surpreendentes

 

A vitamina D é uma vitamina incrivelmente importante, responsável por regular os níveis de cálcio e de fosfato no organismo humano.

Sendo estes os nutrientes necessários para a manutenção de ossos, dentes e músculos saudáveis.

Ou seja, a falta de vitamina D pode resultar em complicações de saúde sérias, entre as quais fraqueza muscular, fadiga crónica e até em problemas do foro mental.

Todavia, por vezes é difícil discernir os sintomas, já que tendem a ser subtis.

Os sinais mais comuns de carência de vitamina D são desânimo, dores nos ossos e músculos fracos.

Contudo, também existem outros sintomas surpreendentes que podem indicar a falta desta vitamina.

Os três sintomas mais surpreendentes de falta de vitamina D, segundo o Sistema Nacional de Saúde Britânico (NHS), são:

1. Dificuldade em dormir

Níveis baixos desta vitamina podem afetar o sono, o que pode fazer com que se sinta persistentemente sonolento e cansado durante o dia.

Em declarações à publicação Insider, o médico Greg Burrell explicou: “O défice de vitamina D já foi associado à ocorrência de alterações nos padrões do sono, resultando num sono menos profundo e restaurador. Ocorre ainda uma maior inflamação do nariz e das amígdalas, o que por sua vez pode causar apneia”.

2. Dor na lombar

Se sofre constantemente de dores nas costas, tal poderá dever-se à falta de vitamina D.

Em 2008, um estudo publicado no periódico científico Journal of the American Geriatrics Society apurou que as mulheres com carência da substância têm mais dores nas costas. Contudo, o estudo não identificou o mesmo resultado nos homens.

3. Ferimentos que demoram muito tempo a cicatrizar

Num estudo conduzido em 2011 e divulgado no periódico científico Journal of Dental Research demonstrou que para que os tecidos cicatrizem mais rapidamente – sobretudo após a realização de cirurgias – é fundamental ter índices adequados de vitamina D no organismo. (Notícias ao Minuto)

Deixe seu comentário:


senacGPSWRFarcom