Campanha PRESENÇA DIGITAL -AGOSTO
Facebook
01/07/2019 - 11h13m

REFERENTE AO EXERCÍCIO DE 2016

Contas do Fundo Municipal de Saúde de São Bento são julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Tocantins

Redação

Decisão foi proferida na sessão da Segunda Câmara de terça-feira, 25

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO), durante sessão realizada na última terça-feira, 25 de junho, julgou irregulares as contas de ordenador de despesa do Fundo Municipal de Saúde de São Bento do Tocantins, referente ao exercício financeiro de 2016, sob a responsabilidade de Maria dos Santos Macedo de Oliveira, gestora à época.

Conforme decisão, o demonstrativo das receitas e despesas com ações e serviços públicos de saúde estão divergentes entre os dados constantes no Sicap/Contábil e os inseridos no Sistema de Informações sobre Orçamento Público de Saúde, descumprindo o que dispõe o Manual de demonstrativos fiscais e a lei complementar nº141/2012. A gestora foi imputada multa no valor de R$ 4.000,00.

Regulares com ressalvas

Foram julgadas regulares com ressalvas as contas de ordenador de despesas da Câmara Municipal de Angico, sob a responsabilidade de Cleomam Pereira Lima, referente ao exercício de 2015.

Deixe seu comentário:


senacGPSWRFarcom