CAMPANHA BOLETO BANCÁRIO
Facebook
06/03/2019 - 00h02m

CARNAVAL 2019

Carnaval de Gurupi além de festivo representa geração de renda

Secom Gurupi

O Carnaval de Gurupi não é só oportunidade de alegria, descontração, mas também de geração de renda. O circuito da folia recebeu diversos comerciantes do ramo alimentício e de bebidas, tanto de Gurupi como de outras cidades como Palmas, Porangatu, Anápolis e Goiânia, que comemoram as vendas.

Francisco de Assis, vendedor de espetinhos, trabalha há quatro anos no Carnaval e comenta que valeu  à pena trazer sua equipe formada por cinco pessoas para comercializar os produtos na praça de alimentação.

Valadares Correia veio com sua barraca de Porangatu e vende cachorros quentes, sanduíches e pastéis e também está satisfeito com o resultado. É a primeira vez que ele vem para Gurupi trabalhar na folia e disse que ano que vem estará novamente na cidade.

De Anápolis, Waquila de Sousa, que comercializa pastel, sanduíche, jantinha com opção do cliente escolher o tipo de carne e ainda crepes, comentou que as vendas atingiram o objetivo estipulado. Ela com sua equipe de seis pessoas pretende retornar ao carnaval de 2020.

O vendedor de bebidas, Pedro Leoncio, expõe a barraca há seis anos e comenta que as vendas ocorreram dentro do esperado.

Os blocos também impulsionam a economia, pois para atender o folião contratam mão-de-obra, estrutura, segurança especializada, músicos, e movimenta bastante o comércio de bebidas. Apenas um bloco da cidade vendeu mais de dois mil abadás. Essas vendas que são em grande parte para turistas terminam movimentando a rede hoteleira, restaurantes, supermercados, farmácias e comércio de serviços.

O circuito também é um ambiente para arrecadar fundos para entidades de assistência social. Ligia Milhomem, do Rotary Clube, comenta que a instituição decidiu montar uma barraca de vendas de mistos quentes, amendoins, castanhas e que o dinheiro é para a finalização da construção da sede do banco de cadeiras de rodas.

Enquanto alguns festam, o carnaval vem com uma grande oportunidade de sair do desemprego como é o caso de Paulo Pereira, que estava sem trabalho há dez meses, e nesse período foi contratado por uma empresa de segurança. Para ele, a festa não poderia ser melhor e a felicidade é que está com a expectativa de ser contratado para o quadro efetivo da empresa.

Quem também estava sem trabalhar e viu no carnaval a oportunidade de renda extra após ser contratado pela empresa de segurança, foi Josimar Lourenço. Ele também deseja poder continuar na empresa. “Compensou muito essa contratação para cinco noites. Veio em boa hora”, comentou.

Deixe seu comentário:

GPSWRFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoWELLBlog do Felipe de Sá