Campanha PRESENÇA DIGITAL -AGOSTO
Facebook
28/08/2019 - 09h28m

ECONOMIA

Bico do Papagaio tem oito municípios cadastrados no Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021

Bico do Papagaio tem 8 municípios cadastrados no Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021

Com a inserção de mais nove municípios tocantinense no Mapa do Turismo Brasileiro, o Tocantins agora tem 49 cidades cadastradas em sete regiões turísticas. O novo mapa divulgado nesta segunda-feira, 26, e publicado no Diário Oficial da União (DOU) é válido de 2019 a 2021 e nacionalmente compreende 2.694 cidades de 333 regiões turísticas. Do Bico do Papagaio, está cadastrada 8 cidades; Ananás, Araguatins, Itaguatins, Luzinópolis, Palmeiras do Tocantins, Praia Norte, Santa Terezinha do Tocantins e São Sebastião do Tocantins.

O Mapa tem como objetivo do sistema é coletar informações para auxiliar na formação de uma Rede Nacional de Regionalização do Turismo, que engloba interlocutores estaduais, regionais e municipais do Programa e assim, ser possível o direcionamento de ações que possam ser desenvolvida em cada uma das regiões turísticas.

Nesta atualização, os estados e municípios contaram com novos critérios, compromissos e recomendações estabelecidas pelo Ministério do Turismo, entre elas a obrigação de participação em instância de governança e em Conselho Municipal de Turismo (Comtur). “Estamos num momento de virada para o turismo brasileiro e contamos com este novo mapa para termos uma radiografia atualizada do potencial turístico do Brasil para investir de forma adequada na melhoria de infraestrutura, realização de campanhas publicitárias, entre outras ações”, afirmou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Conforme o Ministério do Turismo, entre os benefícios do Mapa estão a categorização dos municípios turísticos, que vai de “A” a “E”, como instrumento de acompanhamento do desempenho das economias turísticas locais. Essa categorização também subsidia a priorização de investimentos por programas, incluindo ações de infraestrutura turística, qualificação profissional e promoção dos destinos com o foco nas características, demanda, e vocações turísticas específicas.

O novo Mapa do Turismo está disponível para consulta no site aqui. O Mapa conta com certificado digital para os municípios que o compõem.

Mapa

O Mapa define a área, ou seja, o recorte territorial que deve ser trabalhada prioritariamente pelo Ministério e é atualizado bienalmente, conforme Portaria nº 268/2016. As regiões turísticas devem observar os municípios que a compõem devem possuir características similares e complementares, além dos aspectos que tenham uma identidade histórica, cultural, econômica e geográfica em comum.

Tocantins

As sete regiões turísticas são Bico do Papagaio, Serras Gerais, Lagos e Praias do Cantão, Vale dos Grandes Rios, Ilha do Bananal,  Encantos do Jalapão e Serras e Lago. 

Confira os municípios turísticos cadastrados no Mapa e suas classificações: 

  1. Almas - Serras Gerais - D
  2. Ananás - Bico do Papagaio - D
  3. Araguacema - Lagos e Praias do Cantão - D
  4. Araguaína -  Vale dos Grandes Rios - B
  5. Araguanã - Vale dos Grandes Rios - D
  6. Araguatins - Bico do Papagaio - D
  7. Arraias - Serras Gerais - D
  8. Aurora do Tocantins - Serras Gerais - E
  9. Babaçulândia - Vale dos Grandes Rios - E
  10. Caseara - Lagos e Praias do Cantão - D
  11. Colinas do Tocantins - Vale dos Grandes Rios - C
  12. Dianópolis - Serras Gerais - C
  13. Fátima - Serras e Lago - D
  14. Guaraí - Vale dos Grandes Rios - C
  15. Gurupi - Ilha do Bananal - B
  16. Itacajá - Vale dos Grandes Rios - D
  17. Itaguatins - Bico do Papagaio - D
  18. Lagoa da Confusão - Ilha do Bananal - D
  19. Lajeado - Serras e Lago - D
  20. Lizarda - Encantos do Jalapão - D
  21. Luzinópolis - Bico do Papagaio - E
  22. Marianópolis do Tocantins - Lagos e Praias do Cantão - E
  23. Mateiros - Encantos do Jalapão - D
  24. Miracema do Tocantins - Serras e Lago - D
  25. Natividade - Serras Gerais - D
  26. Novo Acordo - Encantos do Jalapão - E
  27. Palmas Serras e Lago - A
  28. Palmeiras do Tocantins - Vale dos Grandes Rios - D
  29. Paraíso do Tocantins - Serras e Lago - C
  30. Pau DArco - Vale dos Grandes Rios - E
  31. Pedro Afonso - Vale dos Grandes Rios - C
  32. Peixe - Ilha do Bananal - D
  33. Pindorama do Tocantins - Serras Gerais - D
  34. Pium - Lagos e Praias do Cantão - E
  35. Ponte Alta do Tocantins - Encantos do Jalapão - D
  36. Porto Nacional - Serras e Lago - C
  37. Praia Norte - Bico do Papagaio - E
  38. Rio da Conceição - Serras Gerais - D
  39. Rio Sono - Encantos do Jalapão - E
  40. Sandolândia - Ilha do Bananal - D
  41. Santa Rita do Tocantins - Ilha do Bananal - D
  42. Santa Tereza do Tocantins - Encantos do Jalapão - E
  43. Santa Terezinha do Tocantins - Bico do Papagaio - E
  44. São Félix do Tocantins - Encantos do Jalapão - D
  45. São Salvador do Tocantins - Ilha do Bananal - D
  46. São Sebastião do Tocantins - Bico do Papagaio - E
  47. Taguatinga - Serras Gerais - D
  48. Tocantínia - Serras e Lago - D
  49. Xambioá - Vale dos Grandes Rios – D

No último dia 17, a convite do governador do Tocantins, Mauro Carlesse, o ministro do Turismo esteve no Jalapão para conhecer os pontos atrativos e opções disponíveis na região e falou com a imprensa. Na data, o principal assunto levantado é a precariedade no acesso ao Jalapão, com atoleiros durante o período chuvoso, poeira e irregularidades nas estradas no tempo de estiagem. O ministro reconheceu a dificuldade de acesso causada pelas estradas e deixou claro que apesar de o Ministério do Turismo não possuir recursos financeiros para pavimentar as vias é possível construir caminhos que viabilizem isso. “As obras de infraestrutura turísticas são fundamentais para o Brasil e o trabalho com o Ministério da Infraestrutura é fundamental para isso”, destaca.

Também esse mês, no último dia 2, o presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Gilson Machado Neto, participou de um coffee break com representantes do trade turístico do Tocantins para conversar sobre o potencial turístico do Estado e trocar ideias. Na ocasião, Machado afirmou que o governo Federal pretende alavancar o Estado em campanhas de turismo internacional devido ao ecoturismo muito presente regionalmente, com o cerrado tocantinense, Jalapão, cachoeiras, espaços verdes de contemplação, e outros.“Nós temos um ecoturismo muito forte, precisamos aproveitar isso, trazer mais pessoas para conhecer nosso País e o Tocantins é um dos focos porque tem essa característica muito marcante”, afirmou na data.

Deixe seu comentário:

1 Comentário(s)

  • Remy Soares de Carvalho | 28/08/2019 | 18:39 Faltou o município de Axixá do Tocantins com a Serra do Estrondo. Olhando o mapa do Estado do Tocantins não encontrei a Serra do Estrondo na parte do relevo aqui no Bico do Papagaio. É provável que a referida Serra não esteja catalogada pelos órgãos competentes. Isso não é novidade, pois o perfil histórico da cidade não condiz com a verdade dos fatos no que diz respeito aos fundadores da cidade. Remy Soares de Carvalho - É historiador com livros publicados sobre Axixá do Tocantins.

senacGPSWRFarcom