Campanha Natal Cidade Encantada
Campanha: ENERGISA - WEB BANNER INSTITUCIONAL 2018
Facebook
28/10/2018 - 21h04m

RELATÓRIO

Balanço das Eleições neste segundo turno é apresentado pela PM e Comitê de Segurança Institucional

Redação

Finalizado o segundo turno das eleições presidenciais realizado neste domingo, 28, a Polícia Militar considera positivo o balanço das ações desencadeadas juntamente com os demais membros do Comitê de Segurança Institucional, que garantiram a tranquilidade da votação em todo Tocantins. As ocorrências registradas relacionadas ao pleito foram principalmente de pessoas que utilizaram celulares para fotografar ou filmar a urna eletrônica no momento da votação, o que é proibido de acordo com a Lei Eleitoral, com 12 registros. 03 registros foram de desobediência às Portarias expedidas sobre a Lei Seca, nos municípios. Houve 01 registro de eleitor tentando impedir ou embaraçar o exercício do sufrágio e outro de averiguação, pela PM.

Essas ações ilegais foram registradas nas cidades de Palmas, Combinado, Araguaína e Alvorada, Tupiratins, Palmeirópolis, Figueirópolis, Pium e Dianópolis. Os eleitores foram detidos e encaminhados a local competente para as providências legais cabíveis. Dos casos mais graves, apenas em Palmas um homem foi preso na Escola Municipal Estêvão de Castro, no Aureny III, por agredir um mesário depois de se recusar a apresentar novamente documento de identidade. Ele foi conduzido à sede da Polícia Federal para os encaminhamentos cabíveis. Houve ainda, em Tupiratins, um eleitor detido após tropeçar em fio que ligava a urna, por estar embriagado. Já na cidade de Palmeirópolis um comerciante foi detido pela venda de bebidas alcoólicas.

A PM esteve presente em todos os locais de votação com um policiamento especialmente desenvolvido para a ocasião. Foram empregados cerca de 1.800 militares, que estão atuando desde o 25 até a próxima segunda, 29. Foram realizadas atividades de acompanhamento das urnas para os locais de votação e policiamento preventivo. Estas atividades complementaram o policiamento ordinário (viaturas), resultando em tranquilidade e segurança da população durante todo o processo eleitoral.

O comandante geral da PM, coronel Jaizon Veras Barbosa, destacou que o esquema de segurança preparado pela PM nessas eleições abrangeu os 139 municípios do Estado, incluindo os assentamentos e aldeias indígenas, proporcionando sensação de segurança aos eleitores e toda a população tocantinense. “Em mais um pleito eleitoral a Polícia Militar cumpre seu papel e garante total tranquilidade durante a votação em todo estado, graças ao trabalho realizado em conjunto com os demais membros do gabinete de segurança pública e ao empenho de nossos dedicados profissionais”, declarou coronel Jaizon.

Todas as ocorrências registradas estão disponíveis no relatório emitido pelo Comitê de Segurança Institucional.

Deixe seu comentário:

Araguatins Fest Music 2018Black Friday GPSWRGPS OABFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoGPSWELLBlog do Felipe de Sá