CAMPANHA BOLETO BANCÁRIO
Facebook
04/09/2018 - 22h58m

CASO MOISÉS

Arma encontrada junto ao corpo do prefeito de Miracema pode não ter sido usada no crime

Arma encontrada junto ao corpo do prefeito de Miracema tinha numeração raspada

O revólver calibre 38 encontrado junto ao corpo de prefeito de Miracema, Moisés da Sercon (MDB), tinha a numeração raspada e tudo indica que ele não pertencia a vítima. A informação é da Polícia Civil, que aguarda laudos periciais para definir a linha de investigação a ser seguida no caso.

Até o momento nenhuma hipótese foi formalmente descartada, mas investigadores inforamaram que as suspeitas de que se trate de um latrocínio ou de um suicídio parecem cada vez mais distantes. A posição do corpo no carro e objetos deixados no local são as principais pistas que indicam que Moisés foi assassinado.

De acordo com as mesmas fontes, a arma que estava no colo da vítima pode nem ter sido utilizado no crime.

Cerca de 10 testemunhas já foram ouvidas. Na manhã desta terça-feira (4) policiais militares fizeram uma visita de solidariedade à primeira-dama, que tembém é PM e atua na área da saúde. A família disse que espera por Justiça.

"A dor parece que aumenta mais ainda, porque a gente fica sem saber o que aconteceu. A gente quer respostas, seja o que for", diz o irmão de Moisés, Fidel Costa.

Enquanto isso, a polícia também tenta identificar o autor de um áudio que circula nas redes sociais e sugere um crime passional envolvendo outros políticos da cidade. Compartilhar este tipo de conteúdo é crime, segundo a Polícia Civil. (G1)

Moisés Costa da Silva era prefeito de Miracema (Foto: Divulgação/Prefeitura de Miracema)

Deixe seu comentário:

GPSWRFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoWELLBlog do Felipe de Sá