Campanha PRESENÇA DIGITAL -AGOSTO
Facebook
07/09/2019 - 13h05m

IFTO

ARAGUATINS: Economia solidária é discutida durante seminário para estudantes do curso Técnico em Agropecuária

Economia solidária foi discutida durante seminário para estudantes do curso Técnico em Agropecuária do do IFTO de Araguatins

Uma rica discussão e troca de experiência sobre economia solidária ocorreram na quarta-feira, 4, durante um seminário realizado na unidade Araguatins, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), no período vespertino. O evento teve a participação de estudantes da 3ª série do curso Técnico em Agropecuária integrado ao ensino médio e do curso Técnico em Agropecuária Subsequente.

O seminário faz parte de um conjunto de ações do projeto “Feiras de Economia solidária como espaço didático-pedagógico na Educação Profissional Tecnológica” desenvolvido pela mestranda do Programa de Educação Profissional (ProfEPT) do IFTO unidade Palmas, Eliscleia Alves, em parceira do professor Edvar de Sousa sob a orientação do professor Raimundo Laerton Leite, ambos docentes do IFTO. Tendo como público-alvo os estudantes do curso Técnico em Agropecuária Subsequente, sendo suas atividades promovidas na disciplina de extensão rural e cooperativismo.

O Seminário contou com duas palestras, a primeira ministrada pela servidora do IFTO e mestranda do IFPA, Aline Correia, com o tema: Feira ECOSOL de Araguatins: Um caso de sucesso no Tocantins.

Já a segunda palestra foi conduzida pelo professor do IFTO, Miguel Camargo, tendo como tema: A Economia Solidária como alternativa econômica para o agricultor familiar.Após as palestras os estudantes realizaram uma visita na feira livre Ecosol de Araguatins, onde tiveram a oportunidade de conversar com os feirantes e conhecer a história, o funcionamento e a organização da feira.

O objetivo dessa proposta de ensino é fomentar a prática da economia solidária na Educação Profissional e Tecnológica. Buscando alternativas para suprir as dificuldades no processo de ensino e de aprendizagem sobre economia solidária, os espaços não-formais de educação, como as feiras de economia solidária e de agricultura familiar, apresentam-se como uma possibilidade, visto que parte da realidade dos educandos”, enfatizou, Eliscleia Alves.

Para o estudante do curso Técnico Subsequente em Agropecuária, Antonio Vitor, o projeto tem oportunizado a ele a aos seus colegas uma  aproximação com a temática da economia solidária, por meio das feiras. Segundo o estudante, essa experiência tem sido vivenciada de forma teórica e prática, o que desperta ainda mais o interesse de quem participa do projeto.

Durante o seminário, o professor Edvar de Sousa, que ministra a disciplina de extensão rural e cooperativismo na unidade Araguatins, fez questão de parabenizar a pesquisadora Eliscleia e seu orientador pela iniciativa de desenvolver o projeto, e por estarem promovendo aos estudantes uma vivência com a economia solidária e integração entre os participantes do projeto.

A culminância do projeto ocorrerá no dia 25 de setembro, data em que os estudantes do curso Técnico Subsequente em Agropecuária organizarão uma feira de Economia Solidária, dentro da feira Ecosol, o que possibilitará a eles uma experiência como cooperados, feirantes e empreendedores sociais.

Deixe seu comentário:


senacGPSWRFarcom