CAMPANHA - PRESENÇA DIGITAL WEB 1
Facebook
08/12/2018 - 23h02m

ELEIÇÃO ATM

Após ter chapa indeferida, Madruga abre mão de recurso e acusa atual presidência de usar recursos para benefícios próprios

Redação

Prefeito de Wanderlândia, Eduardo Madruga

Eduardo Madruga, prefeito de Wanderlândia, candidato a presidente da Associação Tocantinense dos Municípios (ATM), teve o pedido de registro de candidatura da chapa "Parceria e Inovação" indeferido pela Comissão Eleitoral. Em nota, o prefeito disse que foi pego de surpresa com a decisão da ATM e que mesmo tendo o direito de recorrer da decisão, não irá fazê-lo.

Além disso, Madruga acusou o processo eleitoral de estar sofrendo influências externas, impossibilitando a competitividade, além de ter sofrido alteração na data da eleição de forma obscura. 

Confira nota na íntegra:

Infelizmente fui surpreendido com o indeferimento da chapa “Parceria e Inovação”, liderada por mim na disputa  da Associação  Tocantinense de Municípios (ATM).

Entendo que a atual presidência  usou de recursos,  inerentes a sua função para benefício próprio.

A antecipação  do processo eleitoral, previsto originalmente para fevereiro de 2019, e as influências  externas na entidade impossibilitaram os trabalhos de articulação  para desenvolvimento de uma chapa competitiva.

O processo de alteração  da data da eleição  aconteceu  de forma obscura. Tentei, sem sucesso, ter acesso  às atas da Assembleia  que definiu o novo calendário eleitoral.

Entendo que a decisão  caberia recursos  judiciais, mas acredito que a ATM seja muito maior que qualquer disputa interna.

Vou continuar trabalhando e dando o meu melhor  para a população  de Wanderlândia  e do Tocantins. Sempre buscarei o fortalecimento  dos municípios.

Eduardo Madruga- Prefeito de Wanderlândia

Deixe seu comentário:

CAMPANHA ARRAIÁ DA AMIZADE 2019senacGPSWRFarcomShop do BicoSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoWELLBlog do Felipe de Sá