Facebook
12/04/2018 - 12h05m

NESTA SEXTA-FEIRA, 13

Alunos do Colégio Estadual Marechal Ribas realizam dia D de Mobilização de combate ao Aedes aegypti em Axixá

Redação

Durante esta semana os alunos intensificaram o combate ao mosquito,chamando a atenção para medidas de prevenção

O Colégio Estadual Marechal Ribas Júnior, em Axixá do Tocantins, realiza nesta sexta-feira, 13, a partir das 7h, o Dia D de Mobilização de Combate ao Aedes aegypti com o tema Axixá contra a dengue. A atividade visa garantir que os estudantes contribuam com ações de combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Durante esta semana, nos três turnos, os alunos intensificaram o combate ao mosquito, chamando a atenção da comunidade local para medidas de prevenção contra essas doenças.

A gestora da escola explicou que foram realizadas várias atividades escolares. “Nesta sexta-feira acontece o Dia D, e os estudantes farão exposições dos cartazes e um informativo confeccionado por eles, com o auxílio dos professores da escola. Os alunos apresentarão ainda um minidocumentário sobre o tema. Os três melhores cartazes serão premiados”, disse Maria Celma Rodrigues de Sousa.

Axixá contra a dengue

No local, a coordenadora de vigilância Epidemiológica, Laís Milhomem Cazimiro, realizará uma palestra

A abertura das atividades do Dia D acontecerá na praça da prefeitura, reunindo todas as unidades escolares do município. No local, a coordenadora de vigilância Epidemiológica, Laís Milhomem Cazimiro, realizará uma palestra sobre o tema. O grupo visitará o bairro Vitaliano Brandão, e os estudantes orientarão os moradores e donos dos estabelecimentos comerciais sobre como contribuir para combater o mosquito.

Para Laís Milhomem Cazimiro, mobilizar a população para o combate ao Aedes aegypti é de fundamental importância para o nosso município e país. “A partir do momento que o morador entender que ele é o único que pode lutar contra este vetor, tudo pode ser diferente. As medidas preventivas devem iniciar em casa, com ações simples como: armazenamento adequado do lixo, limpeza de quintais e terrenos, evitando deixar água parada em vaso de plantas e vasilhas de animais, buscando prevenir você, sua família e vizinhos. Levar a escola às ruas mostra que a educação também está preocupada com a saúde da nossa cidade”, destacou.

"Este trabalho deve ser uma ação coletiva”, destacou Francismar Leite de Sousa

“Somos conscientes do perigo que o mosquito representa a todas as faixas etárias da população e este trabalho deve ser uma ação coletiva”, destacou Francismar Leite de Sousa, da 3ª série do ensino médio. As ações desta sexta-feira, 13, serão realizadas com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde.

Deixe seu comentário:

WRGpsFarcomSucesso FMBAUVereador Professor Júnior GeoGPSWELLBlog do Felipe de Sá