teste
BRK AMBIENTAL/Campanha: Site Tocantins 2022 -Maio/Junho
Facebook
17/06/2022 - 18h14m

EDUCAÇÃO

Alimentos arrecadados pelo Balé Tocantins são entregues à instituições beneficentes

Distribuição dos produtos será feita pelo programa Mesa Brasil Sesc.

Secretário da Educação, Fábio Vaz, fez a entrega dos alimentos para as instituições beneficiadas (Foto: Marcio Vieira)

A arrecadação de 1.900 kg de alimentos, feita pelo Balé Popular do Tocantins, demonstra que arte e solidariedade podem andar juntas. O grupo realizou cinco apresentações do espetáculo Máscaras nos meses de maio e junho, em Palmas. A entrega simbólica dos produtos para as instituições beneficiadas foi feita na manhã de quarta-feira, 15, pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Formado por estudantes da rede estadual de ensino, o projeto artístico é uma iniciativa da Seduc e conta com o apoio de unidades estudantis da Capital e de outras instituições do Estado. O Serviço Social do Comércio (Sesc-TO) é parceiro do Balé Tocantins na disponibilização do teatro para as apresentações e na distribuição dos alimentos arrecadados por meio do programa Mesa Brasil.

As quase duas toneladas de alimentos não perecíveis recebidas serão entregues para a Associação Trabalhadores de Cristo (ATC), a Associação Ação Social Santa Terezinha de Palmas e a Associação de Apoio Comunitário Família Sólida (AACFS).

O Mesa Brasil é uma rede nacional de bancos de alimentos atuante na luta contra a fome e o desperdício. O programa atende, prioritariamente, pessoas em situação de vulnerabilidade social e entidades sociais cadastradas.

O secretário de Estado da Educação, Fábio Vaz, fez a entrega simbólica dos alimentos para o Sesc Tocantins e para as instituições beneficiadas. O gestor afirmou que a “escola precisa ser viva, participativa e envolver os alunos. O Balé Tocantins cumpre esta função de integrar a comunidade, atrair os jovens para a arte e buscar aqueles que estão com dificuldades de permanecer estudando”.

Para o diretor da companhia de arte, Jeferson Marques, o momento foi de gratidão pelo apoio recebido da Seduc, sem o qual os espetáculos não aconteceriam. “O grupo vem crescendo a cada ano, são muitas pessoas envolvidas e quase 60 coreografias nas apresentações do Máscara. Foi desafiador, mas valeu a pena o esforço de todos”, disse o professor, lembrando que o Sesc também apoia o projeto desde o início.

A assistente social do Mesa Brasil, Érica Miranda, participou da cerimônia de entrega dos produtos e reforçou que o objetivo do programa está resumido na frase: “busca onde sobra e entrega onde falta”. Segundo ela, muitas famílias estão precisando de comida no Tocantins. “Sem este tipo de parceria, seria impossível fazer com que os alimentos cheguem a quem realmente precisa”, enfatizou.

A representante da Associação de Apoio Comunitário Família Sólida (AACFS), Anna Késia Gonçalves, falou pelas instituições que receberão as doações. “Em nome das associações, eu agradeço a todos os envolvidos no projeto. Nós sabemos o quão importante é esse alimento para as nossas comunidades, por isso, eu quero dizer muito obrigada”!  

Atuação do Balé Tocantins

Alunas do projeto apresentaram trecho do espetáculo Máscaras (Foto: Marcio Vieira)

Atualmente, o Balé Popular do Tocantins atende um total de 700 alunos e conta com nove professores atuando nos seguintes polos: Escola Estadual Frederico José Pedreira Neto, Colégio Militar do Estado do Tocantins – Senador Antônio Luiz Maya; Escola Estadual Cívico-Militar Vila União, Escola Estadual Professora Elizângela Glória e Colégio Estadual Girassol de Tempo Integral Rachel de Queiroz.

Parte da equipe de professores do Balé Tocantins prestigiou o evento (Foto: Marcio Vieira)

Deixe seu comentário:

Praia do Pedral de PalmeirasClésioClínica AndréAvecomA Fonte das LetrasGPS