Campanha PRESENÇA DIGITAL -AGOSTO
Facebook
30/08/2019 - 12h10m

AÇÃO

Agosto Lilás: Blitz educativa conscientizou condutores sobre combate a violência contra a mulher em Gurupi

Secom Gurupi/Fotos: Marcos Veloso

Blitz educativa da Campanha Agosto Lilá conscientizou condutores sobre combate a violência contra a mulher em Gurupi

Dando continuidade às atividades alusivas ao “Agosto Lilás”, a Prefeitura de Gurupi realizou, na manhã desta quinta-feira (29), uma blitz educativa sobre a campanha, com a equipe da Secretaria Municipal do Trabalho, Assistência Social e Proteção a Mulher conscientizando a população sobre os tipos de violência doméstica, o direito das mulheres e o combate a qualquer tipo de violência contra a mulher.

A ação com o tema “Nada justifica a violência” foi realizada no semáforo do cruzamento da Avenida Goiás com a Rua 05, onde as equipes abordaram os condutores e pedestres, distribuíram material informativo, esticaram faixa com o tema da campanha no semáforo e passaram informações alusivas ao Agosto Lilás. “O objetivo da ação foi informar e prevenir, temos que chamar a atenção de toda sociedade para abraçar a causa, é papel de todo cidadão denunciar e ajudar reduzir os índices de violência”, explicou a Coordenadora de Proteção a Mulher, Solange Antunes.

O Secretário Municipal do Trabalho, Assistência Social e Proteção a Mulher, Dida Moreira, esteve presente na ação e comentou sobre o movimento na cidade. “A campanha tem sido muito proveitosa em Gurupi, toda equipe se empenhou bastante em passar informações à população e sensibilizar a sociedade sobre a importância do tema. Daremos continuidade a esse trabalho e juntos, poder público e sociedade, iremos fortalecer cada vez mais o combate a qualquer tipo de violência contra a mulher”, disse.

A Blitz despertou a atenção de quem passou pelo local, como foi o caso do vendedor Anderson Barcelos. “É interessante esse tipo de ação, pois todos nós devemos lutar pelo direito das mulheres”, relatou.

A Campanha Agosto Lilás iniciou em Gurupi no último dia 15 com panfletagem durante a inauguração da Unidade Básica de Saúde (UBS) João Queiroz Neto, no Setor Parque das Acácias. A programação contou ainda com a palestra “Não é não e não cabe interpretação” voltada ao público masculino no dia 16, panfletagem na inauguração do Centro de Convenções Mauro Cunha no último dia 22 e encerrou nesta quinta (29) com panfletagem na inauguração do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Dra. Sandra Nascimento Oliveira Paiva.

Denúncias

As denúncias de violência contra a mulher podem ser feitas em delegacias e órgãos especializados, onde a vítima procura amparo e proteção. O ligue 180, central de atendimento à mulher, funciona 24 horas por dia, é gratuito e confidencial.

Deixe seu comentário:


senacGPSWRFarcom