Facebook
13/04/2018 - 14h43m

MOVIMENTO ESTUDANTIL

Tocantinópolis recebe o III Encontro de Formação Política e Militância Universitária

Evento tem grande participação dos estudantes

Entre os dias 11 a 14 de abril, o Câmpus de Tocantinópolis da Universidade Federal do Tocantins (UFT) sedia a 3ª edição do Encontro de Formação Política e Militância Universitária (III EFPMU). O encontro reúne estudantes dos sete câmpus da universidade, comunidade local e secundaristas para juntos debaterem temas como formação política, crise social e econômica, representação estudantil, empoderamento, feminismo, inclusão e permanência, diversidade, entre outros.

Essas discussões se darão por meio de mesas redondas, rodas de conversas, apresentação de trabalhos científicos, debates e intervenções culturais.

O coordenador do evento em Tocantinópolis, Felipe Martins, explica como a formação política dos universitários se faz pertinente no momento. "Infelizmente, vivemos dias difíceis em nosso país, onde direitos sociais que foram conquistados na base de muita luta estão sendo retirados sem nenhum temor, mas é hora de levantarmos as nossas bandeiras de luta e enfrentar o opressor. E a arma mais potente para isso sem dúvidas é o conhecimento. Nesse sentido o III Encontro de Formação Política e Militância Universitária é um espaço fundamental para a discussão dos problemas sociais, na construção do conhecimento e no processo de formação profissional e humana dos indivíduos.

Ainda de acordo com Felipe, a expectativa para o III Encontro é que ao fim do evento, os estudantes saiam empoderados, protagonistas de suas histórias e carregando a certeza da sua importância no precesso de transformação social.

Histórico
Criado por em 2016 por Hugo de Sousa, Harhon Marques e Hérlia Carvalho, na época acadêmicos do curso de Pedagogia, no Câmpus de Arraias. Teve sua primeira edição realizada em maio de 2016 naquele câmpus, sob organização dos membros do primeiro diretório acadêmico em Arraias. Em 2017, a segunda edição do evento ocorreu nos dias 16 a 19 de março no câmpus de Porto Nacional. Além dos estudantes do local, houve a participação também dos acadêmicos dos câmpus de Araguaína, Arraias, Gurupi, Miracema, Palmas e Tocantinópolis.

O evento tem como objetivo fomentar a participação dos acadêmicos nos meios sociais e políticos, afim de que os mesmos tornem-se empoderados na academia, com a integração entre os estudantes da UFT e coletivos autônomos que discutiram temas como formação política, representação estudantil, feminismo, diversidade e sexualidade, preconceito racial e outros.

Deixe seu comentário:

WRGPS aulãoFarcomGPS PORTUGUÊSVereador Professor Júnior GeoGPS GANHADORESSucesso FMGpsBAUGps(REDE SOCIAL - PORTAL MUSIC)GPSWELLBlog do Felipe de Sá