Facebook
08/03/2018 - 13h40m

INCENTIVA A QUEIMA TOTAL DO COCO BABAÇÚ

Sessão na AL é suspensa e audiência pública é convocada para tratar do PL nº 194 de autoria do deputado José Bonifácio

Com informações do JTO

Sem a presença do presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins (AL-TO), o deputado Mauro Carlesse (PHS), a sessão da Casa de Leis desta quinta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, foi presidida pela deputada estadual Luana Ribeiro (PR). No entanto, logo a sessão foi suspensa para que fosse realizada uma Audiência Pública a fim de tratar do Projeto de Lei nº 194/2017, proposta pelo parlamentar José Bonifácio (PR), o qual incentiva a queima total do coco babaçú e que atinge diretamente as quebradeiras de coco Babaçú (MiqCB) no Bico do Papagaio (região do parlamentar) e norte do estado.

A Audiência está acontecendo neste momento com mulheres representantes de vários movimentos sociais do Tocantins, em especial, membras do Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçú (MiqCB). Juntas, o grupo forma o Ato Unificado 8 de Março Mulheres Tocantinenses em Luta, que está ocupando a Casa de Leis Estadual desde as 8 horas de hoje.

De acordo com a assessoria do Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçú (MiqCB), o pessoal entrou no plenário para dialogar com os deputados e mostrar a luta e posicionamento contra a PL Nº 194/2017 de autoria do deputado José Bonifácio (PR), o qual incentiva a queima total do coco babaçú. "Isso é um absurdo porque destrói o modo de vida tradicional das quebradeiras e acaba com a cadeia produtiva do babaçú", Maria do Socorro Teixeira Lima, coordenadora regional do MiqCB. São mais de 60 produtos derivados do babaçu.

Deixe seu comentário:

Campanha ESSE PODER É NOSSOWRGPSFarcomGPSVereador Professor Júnior GeoSucesso FMBAU(REDE SOCIAL - PORTAL MUSIC)WELLBlog do Felipe de Sá