kitnets
Facebook
13/07/2017 - 22h24m

CRIME EM ARAGUAÍNA

Preso em Imperatriz-MA mais um suspeito de participar do latrocínio contra peão de rodeio

Redação

Dênis Alencar de Brito foi preso em Imperatriz

Após um mês de investigação, a Polícia Civil do Tocantins conseguiu localizar e prender o segundo suspeito de participar do latrocínio contra o peão de rodeio Getúlio Santos da Silva que estava alojado em Araguaína para se apresentar no rodeio profissional da Exposição Agropecuária (Expoara).

A ação criminosa aconteceu na noite de 14 de junho, um dia antes da abertura do rodeio, resultando na morte do jovem peão de apenas 26 anos, que estava no auge da sua carreira profissional. Natural de Uruará (PA), Getúlio foi morto covardemente com um tiro na cabeça dentro da residência. Ele era um dos integrantes da Companhia Italo Todde.

A prisão de Dênis Alex Alencar de Brito, o segundo suspeito, ocorreu em Imperatriz (MA), nesta quinta-feira, 13, por agentes sob o comando do delegado Guilherme Coutinho, adjunto da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O preso já foi recambiado para Araguaína.

No dia do crime, os outros peões colegas de Getúlio conseguiram imobilizar o criminoso Rafael Silva Cavalcante, de 19 anos, que já tem passagem pelo crime de roubo. Ele estava com um revólver calibre 32.

O crime ocorreu numa residência localizada na rua Princesa Izabel do setor Jardim Santa Helena. Getúlio era casado e tinha três filhos, sendo um recém-nascido.

Segundo a Polícia Militar, três bandidos armados chegaram de carro, entraram na residência e anunciaram o assalto. Os criminosos estavam recolhendo os celulares e pertences das vítimas quando Getúlio estava saindo do quarto e um dos assaltantes efetuou um disparo. O veículo usado pelos criminosos foi encontrado no mesmo dia do crime no Setor Lago Azul I.

Deixe seu comentário:

1 Comentário(s)

  • natanael farias lima | 14/07/2017 | 13:36 Parabens a policia agora cabe a justiça fazer sua parte
jrarmazém paraíbarocha alGPSvalériaBAUSucesso FMDudu a Fora